Convite de Jayme a Emanuel Pinheiro é surpresa para líderes do DEM

Eduardo Botelho e Júlio Campos dizem que o projeto do DEM para 2022 está fechado e existe consenso para relançar Mauro Mendes

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O convite do senador Jayme Campos (DEM) ao prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) para filiar-se aos Democratas pegou de surpresa líderes do partido, que dizem não ver espaço para uma candidatura ao governo do Estado de Pinheiro no grupo. 

O convite foi confirmado ao LIVRE pelo amigo próximo de Emanuel, o advogado Francisco Faiad. Ele aconteceu em uma reunião com almoço, no fim de semana.  

Informações levantadas pelo LIVRE indicam que Emanuel Pinheiro procura espaço para lançar candidatura ao governo em 2022. A busca pelo convencimento dos líderes do MDB por seu projeto eleitoral não estaria surtindo efeito, apesar de haver defensores de candidatura própria. 

“Se quiser vir será bem-vindo”

Hoje, ao comentar a repercussão do convite, o deputado estadual Eduardo Botelho e o ex-governador Júlio Campos, ambos do DEM, disseram não ver espaço para uma candidatura de Pinheiro. 

“Se quiser vir será bem-vindo, mas o DEM já tem projeto fechado de eleger quatro deputados estaduais, ao menos dois federais e a reeleição do governador [Mauro Mendes]. É muito improvável que o Emanuel se filie, por causa de candidatura”, afirmou Júlio Campos. 

Botelho afirmou que a direção do partido não tem informação sobre o tal convite de Jayme Campos e disse estranhar que ele tenha sido feito, já que “nós estamos defendendo a reeleição do governo”. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGoverno de MT abre seletivo para contratar analista de TI, contador e médico
Próximo artigoDefensores públicos de MT são proibidos de usar VI com saúde e alimentação