Contrato de R$ 1,2 milhão

Pedido de suspensão de contrato com clínica de psiquiatria em Cuiabá vai para a Justiça Federal

Uma ação popular que pede a suspensão em definitivo de um contrato de R$ 1,2 milhão da Secretaria de Saúde de Cuiabá com a clínica médica especializada em psiquiatria “Dr. André Hraoui Duailibi” foi encaminhado à Justiça Federal para julgamento definitivo.

A decisão foi dada pelo juiz da Vara Especializada em Ação Civil Pública e Popular, Bruno D’Oliveira Marques e publicada nesta terça-feira (23) no Diário da Justiça

O magistrado acolheu o argumento dos réus de que há uma uma conexão com uma ação civil pública movida pelo Ministério Público Federal (MPF).

Figuram como réus o ex-secretário de saúde Luiz Possas de Carvalho, o secretário-adjunto de Gestão da Secretaria de Saúde, João Henrique Paiva, o adjunto de Planejamento e Operações, Milton Corrêa da Costa Neto, e o médico André Hraqui Dualibi – proprietário da clínica de psiquiatria.

Todos já tiveram o patrimônio bloqueado diante de suspeitas de improbidade administrativa.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPor alugar campo de futebol, prefeito continuará com bens indisponíveis
Próximo artigoRecuperado da covid-19