Conta de luz mais cara

Calor intenso em Mato Grosso fez aumentar trabalho de eletrodomésticos e aumentou tempo de consumo em casa

(Foto: Luiz Alves/Prefeitura)

 A conta de energia elétrica deve ficar mais cara em Mato Grosso nos próximos meses por causa do calor intenso. Especialistas afirmam que eletrodomésticos como geladeira e ar-condicionado dependem de mais energia para manter a refrigeração nesses tempos de temperatura de 40ºC. 

De uma forma geral, estima-se que o calor excessivo influencie num aumento de cerca de 20% no consumo de energia – isso com os mesmos aparelhos sendo utilizados na mesma quantidade de horas de dias normais, conforme o engenheiro Teomar Estevão Magri. 

Fora isso, para fugir do calor as pessoas consomem mais água gelada, usam mais ar-condicionado por mais tempo, e isso deve aumentar o consumo de energia elétrica em 50%. Ou seja, a cobrança do ICMS por consumo deve ser maior. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMendes veta meia-entrada a doadores de sangue curados da covid-19
Próximo artigoIncêndios no Pantanal: Governo autoriza envio da Força Nacional para MS