Consumo, gastronomia e arte: comerciantes celebram aniversário da rua mais charmosa de Cuiabá

Hoje é dia de festa na Rua 24 de Outubro, repleta de produtos artísticos e atrações culturais

Acervo Rua 24 de Outubro

Os comerciantes da Rua 24 de Outubro comemoram nesta quarta-feira o aniversário de um dos centros de compras mais charmosos da Capital. A criatividade a arte imperam neste reduto.

O marco, segundo a empresária Creuza Medeiros – animadora cultural de muita presença e uma incansável divulgadora do potencial econômico e social da rua -, é o início das atividades da Casa das Molduras que fica na altura da Praça Clóvis Cardoso.

“A boa fama da rua se deve em muito ao início do funcionamento da Casa das Molduras, há cerca de 30 anos, que hoje é a mais completa galeria de arte de Cuiabá”, diz ela. Foi então que há oito anos a rua começou a ficar conhecida por seus ateliês de arte e galerias.

“Eventos ligados à Economia Criativa dão charme extra à rua histórica, berço político de famílias tradicionais como Campos e Taques. E no último ano a rua charme atraiu escritórios sofisticados de arquitetura como da Ilana Santiago; Patrícia Gondim; Leli Esteves; Tatiane Lot e Luiza Nava, entre outros”, conta Creuza.

 

E a Rua 24 de Outubro também chama a atenção pela gastronomia, com restaurantes e sorveterias disputados. “Houve um crescimento vertiginoso na área de gastronomia”, aponta a empresária.

Segundo ela, a frase mais ouvida dos frequentadores da rua é “nem parece que estamos em Cuiabá”, diverte-se. “São muitos os relatos de que a rua parece cantos charmosos da Europa. E é por isso, que caso você receba um turista em sua casa, recomenda que o leve para conhecer a Rua 24. Seguramente uma ótima escolha”.

Fincada entre duas ruas agitadas de Cuiabá, a Isaac Póvoas e a Getúlio Vargas, a 24 de Outubro respira sossego e arte. Quer saber mais sobre a rua charme? Acompanhe a página no Facebook. A propósito, o nome da rua foi escolhido em homenagem à Revolução Constitucionalista.