Conselho autua dentista que assinava certificados falsos de conclusão de curso

Mulher dizia ser professora de faculdade que nem existe mais e dava certificados do curso de Auxiliar em Saúde Bucal

(Foto: Reprodução/AMB)

O Conselho Regional de Odontologia de Mato Grosso (CRO-MT) autuou e abriu processo administrativo contra uma cirurgiã-dentista que se passava por professora de uma faculdade em Rondonópolis (220 km).

A mulher assinava certificados do curso de Auxiliar em Saúde Bucal (ASB). A instituição de ensino, no entanto, foi extinta em 2015.

O curso de Auxiliar em Saúde Bucal tem uma carga mínima obrigatória de 300 horas, sendo 200 horas teóricas e 100 horas práticas.

LEIA TAMBÉM

A investigação começou concomitantemente com uma denúncia anônima ao CRO-MT e também pelo fato de algumas destas pessoas com falsos certificados procurarem a autarquia para darem entrada na inscrição do Conselho.

Até o momento, o CRO-MT identificou 40 certificados falsos assinados pela dentista.

Além do processo administrativo contra a profissional, o Conselho encaminhou todos os documentos ao Ministério Público Estadual, que também poderá instaurar inquérito criminal contra a profissional.

De acordo com a assessoria jurídica do CRO-MT, dentre as sanções que a cirurgiã-dentista poderá passar, estão a suspensão ou até mesmo a cassação do seu exercício profissional.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAtivistas de esquerda vêm ao Brasil para tentar barrar o projeto da Ferrogrão
Próximo artigoSecretária recebe alta