Conheça os melhores conselhos dos esquimós contra o pessimismo

Uma série de ótimos conselhos para ser feliz!

Os esquimós realmente existem. O povoado é constituído por aproximadamente 70 mil pessoas e fica espalhado em uma grande faixa ártica que abrange o Canadá, o Alasca, a Sibéria e também a Groenlândia.

Num ambiente tão ermo e implacável, eles têm filosofias e espiritualidade próprias.

Segundo a escritora e ensaísta norte-americana Annie Dillard, em texto originalmente publicado pela BBC News, eles acreditam que “cada indivíduo possui seis ou sete almas, encarnadas por pessoas diminutas espalhadas por diferentes partes do corpo”.

No mesmo texto, a escritora afirma que uma das crenças mais belas desses povos do Norte é que as estrelas são buracos no céu que deixam passar a luz dos nossos entes queridos que já morreram. Dessa forma, nós, aqui embaixo, sabemos que eles são felizes.

À BBC, Annie elencou algumas crenças dos esquimós que, para nós, podem servir de inspiração contra o pessimismo.

1. “Não vale à pena se preocupar com as coisas que não podemos mudar”

No idioma deles, essa frase pode ser “traduzida” em uma única palavra: ayurnamat.

Na verdades, não existe tradução dessa palavra para o Português, mas seu significado é mais ou menos esse contido na frase.

2. “Não faça em sua casa janelas tão pequenas que impeçam a claridade de entrar nos quartos”

Aqui, basicamente, o conselho é tentar olhar os acontecimentos de modo abrangente.

Se os olhos são as janelas da alma, a dica é tenha empatia e se permita sempre estar com a mente aberta para novas ideias.

3. “Você nunca saberá realmente quem são os seus amigos até que o gelo se rompa sob os seus pés”

O significado é bastante literal para muita gente. É nos momentos mais difíceis que sabemos com quem realmente podemos contar na vida.

Vale a dica também para manter o cuidado ao se rodear de amigos aos milhares. Nem sempre quantidade significa qualidade.

Do ponto de vista do otimismo, a frase revela que, mesmo as piores situações podem trazer coisas boas para sua vida.

4. “Os presentes fazem escravos, assim como o chicote faz o cão”

Segundo a sabedoria dos esquimós, a ideia contida nesta frase é que aceitar um presente muito caro, por vezes, pode nos colocar numa posição de debilidade frente a quem nos presenteou.

Em outras palavras, mesmo que inconscientemente, vamos nos sentir em dívida com essa pessoa e obrigados a devolver o favor.

5. “Se você tem medo, mude de caminho”

Os “coaches” de plantão não vão gostar muito dessa ideia. Mas para os esquimós, fazer algo estando em dúvida se deve ou não não é uma boa ideia.

Para nós, vale tentar encontrar o equilíbrio entre “sair da zona de conforto” e se arriscar desnecessariamente.

6. “O ontem são cinzas, e o amanhã é madeira. Só hoje o fogo arde com todo o seu esplendor”

Essa também é fácil de entender. Muita gente já leu coisa parecida relacionada à filosofia  zen japonesa.

Só que, colocar em prática, não é tão simples quanto entender.

É basicamente o Carpe Diem dos esquimós. Viva a vida e aproveite o dia!

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCoronavírus: Por que é tão difícil parar de tocar o próprio rosto?
Próximo artigoSaiba mais sobre a história de Abaporu, o quadro brasileiro mais valioso