Confusão no motel: PM contrata prostitutas, as ameaça e exige dinheiro de volta

Ele estava armado e alcoolizado: acabou detido

Foto: Ednilson Aguiar/O Livre

Um policial militar de 30 anos acabou na delegacia na madrugada dessa quinta-feira (21) depois de causar uma confusão no Paradise Motel – localizado no Bairro Jardim Santa Marta, em Cuiabá. Ele contratou duas prostituas, pagou antecipado e, depois do programa, ameaçou as mulheres, exigindo o dinheiro de volta.

A Polícia Militar foi acionada com a denúncia de possível uso de drogas e bebidas no motel, mas quando chegou ao local os envolvidos, duas mulheres e um homem, já tinham ido embora.

Nesse momento, uma equipe do 1º BPM informou os policiais que atendiam a ocorrência que uma das mulheres envolvidas no caso estava em um posto de combustível próximo à Avenida Mato Grosso – e disse que o homem estava hospedado em um hotel próximo ao local.

Conforme o boletim de ocorrência, a jovem de 23 anos contou que ela e sua amiga foram contratadas para fazer um programa com um homem que se identificou como policial militar.

Elas foram até o Motel Paradise, receberam R$ 600 adiantados e realizaram o programa sexual. Porém, ao fim da relação, o homem começou a ameaçar as garotas – ele estava armado – e a exigir que elas devolvessem o dinheiro do programa realizado.

Segundo a vítima, o suspeito parecia ter ingerido bebida alcoólica e demonstrava exaltação e falava de forma desconexa.

Os policiais o encontraram no hotel indicado pela vítima, assim como a arma descrita pela jovem, e comprovaram que se tratava de um policial militar.

Ele foi encaminhado para a Central de Flagrantes de Cuiabá e o caso foi registrado como ameaça.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS