Confusão em família acaba em delegacia; sobrou até para os policiais

Homem esfaqueado chegou a agredir com socos e pontapés os policiais que atenderam a ocorrência

Foto: PMMT

Quatro pessoas foram conduzidas para a Delegacia de Barra do Garças (515 km de Cuiabá), após uma confusão entre família tomar grande proporção. O caso aconteceu na noite da sexta-feira (12), no bairro Vila Maria e nem os policiais que atenderam a ocorrência fugiram das agressões de um dos envolvidos.

Segundo o Boletim de Ocorrência, o 2º Batalhão da Polícia Militar foi acionado para atender uma suspeita de esfaqueamento no local. Quando os policiais chegaram próximos do endereço, um dos suspeitos, que estava ferido no pescoço, corria atrás de uma pessoa com uma barra de ferro. Os policiais conseguiram identificar que se tratava do filho do suspeito.

Os policiais então pediram que o homem largasse a barra de ferro, ordem que não foi cumprida. Neste momento, a rua estava tumultuada e outras brigas estavam ocorrendo, inclusive entre duas mulheres, uma delas irmã da pessoa que teria desferido uma facada no homem que corria com a barra de ferro.

Em uma tentativa de dispersar a multidão, os policiais atiraram para o alto. O suspeito conseguiu fugir para casa e os policiais se dirigiram até o local. De acordo com o registro dos policiais, o suspeito estava visivelmente alterado e agressivo, gritando a todo momento que não queria a presença dos policiais em sua casa.

Ao tentarem tirar a barra de ferro das mãos do homem, ele reagiu com socos e pontapés e no momento que os policiais tentaram imobilizá-lo, ele deu uma cotovelada em um dos policiais. Mesmo tendo utilizado spray de pimenta, os policiais não conseguiram imobilizar o homem, que chegou a chutar o maxilar de um dos militares.

Após muita resistência e sangrando muito por causa da facada que o suspeito havia levado, os policiais conseguiram algemar o homem. Ele foi levado à UPA da cidade, com pés e mãos imobilizados. 

As outras três pessoas – o filho do homem e as duas mulheres que brigavam enquanto a confusão acontecia – foram encaminhados para a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Barra do Garças para prestar esclarecimentos. Não há informações de qual seria o motivo de toda a confusão.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS