Confira como será a vacinação em Cuiabá neste sábado

A vacinação estará acontecendo em três polos, confira quais são

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

A Prefeitura de Cuiabá informa que a Campanha Vacina Cuiabá – Sua Vida em Primeiro Lugar vai atender neste sábado (2) nos polos:

Sesi Papa  – das 8h às 12h -drive-thru (necessário chegar ao local até às 11h30);

Estacionamento da Assembleia Legislativa – das 8h às 12h – (necessário chegar ao local  até 11h30);

Universidade Federal de Mato Grosso – drive-thru das 8h às 12h (necessário chegar até 11h30);

Pessoas que precisam tomar a segunda dose devem olhar no cadastro para ver o local onde estão agendadas. Aqueles que não tiverem a agenda da segunda dose no cadastro, devem ir ao polo mais próximo de sua residência, na data marcada no cartão de vacinação.

Quem for tomar a segunda dose em algum polo de drive-thru precisa levar o QR Code impresso, pois o documento será usado para o registro da vacina no sistema do Plano Nacional de Imunização. É imprescindível levar o cartão de vacinação.

Campanha:

Para se cadastrar, é necessário entrar no site vacina.cuiaba.mt.gov.br e preencher todos os campos obrigatórios. Deste modo, a pessoa entrará em uma fila de espera virtual. Quando ela for agendada, o sistema do site enviará uma mensagem de WhatsApp automática e/ou um e-mail para a pessoa informando que ela já está confirmada para ir tomar sua vacina.

No dia da vacinação, a pessoa deve levar o QR Code do agendamento impresso, um documento com foto e o comprovante de endereço de Cuiabá. Trabalhadores da Saúde, da Educação e jornalistas devem levar a documentação específica para os grupos. A pessoa também deve estar com o cartão do SUS atualizado. Grávidas e puérperas sem comorbidades precisam de um laudo ou encaminhamento médico autorizando-as a tomarem a vacina.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorRedução do ICMS: conta de energia pode ficar até R$ 120 mais barata
Próximo artigoRoubo a cooperativas: quadrilha com 22 membros foi identificada e 75% do dinheiro levado recuperado