Confira as frases que marcaram a última semana de junho no LIVRE

Algumas das falas marcaram o cenário político e outras um pouco da vida das pessoas

(Divulgação)

Confira as frases mais  marcantes ditas durante a última semana do mês de junho. Abordando diversos temas variados, o LIVRE separou uma lista com as frases que foram destaque durante está semana, confira a lista:

CLEPTOCRACIA

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

“As declarações feitas estão eivadas de vícios e incongruências insanáveis, com incompatibilidade de datas, valores, origem e destino (…) foram forjadas para atender e dar suporte à cleptocracia instalada por Silval Barbosa”, ex-secretário Eder Moraes, sobre as delações feitas pelo ex-governador Silval Barbosa e seu ex-chefe de gabinete, Silvio Correa.

CASA DOS HORRORES 

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

“Esse tipo de prática criminaliza a política e afasta a população cada vez mais do Poder Público”, procurador-geral da Câmara de Vereadores de Cuiabá, Lenine Póvoas, ao defender a proibição do uso de “casa dos horrores” por parte da imprensa do Estado.

NO CALVÁRIO

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

“Eu vivo um calvário desde setembro do ano passado, em cima só da palavra de um ladrão confesso, um bandido confesso, um gangster. A palavra dele se tornou tão poderosa que se sobrepõe a qualquer contraponto de minha parte”, conselheiro afastado Antônio Joaquim sobre a delação do ex-governador Silval Barbosa.

RELACIONAMENTO ABUSIVO

“A gente está num campo, que é o cinema, em que a maioria dos profissionais são homens, é um campo machista. Eu tenho professoras que agora estão se inserindo no campo do cinema, mas ainda não tem uma equipe só de mulheres, e eu acho muito interessante ter essa representatividade. Então eu fui recrutando as meninas”, roteirista e diretora responsável pelo curta-metragem Controvérsia, Vitória Molina. O projeto com o tema “relacionamento abusivo” pretende servir de alerta para mulheres.

CASO DE POLÍCIA 

Reprodução/Montagem Cena Pop

“Eu fui agredida e demorei para entender o que estava acontecendo. Eu não ia denunciar, eu não ia contar para ninguém. Eu me senti culpada! Infelizmente muita gente passa por isso, por agressões até piores do que essas e que não dão em nada. Eu resolvi lutar pelos meus direitos, eu resolvi me expor e resolvi me abrir aqui para vocês”, atriz Jennifer Oliveira, a Flora de Malhação, acusou o namorado, o ator Douglas Sampaio, de tê-la agredido.

ASSÉDIO SEXUAL

Terry Crews
(Foto: Reprodução/O Livre)

“Você é levado a achar que esse tipo de comportamento é algo esperado, algo que faz parte do trabalho, que esse assédio, abuso e até mesmo estupro fazem parte das atribuições da sua profissão”, ator Terry Crews relatando assédios sexuais que sofreu.

E você? Alguma frase te marcou nessa semana? Comente aí embaixo, queremos saber o que você achou da semana que passou.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJornais e emissoras se juntam para combater fake news nas eleições
Próximo artigoEm julho, Cine Senar percorre oito municípios em MT exibindo vídeos educativos