Confira as frases que marcaram a primeira semana de junho no LIVRE

Algumas das falas marcaram o cenário político e outras um pouco da vida das pessoas

(Divulgação)

Frases marcantes sobre diversos temas foram ditas na capital mato-grossense durante a primeira semana do mês de junho. Abordando temas variados que envolvem desde política, passando pela questão indígena e indo até a música, o LIVRE separou uma lista com as frases que foram destaque durante a semana, confira a lista:

SOBREVIVENTE


“Graças a Deus, o Guerreiro está reagindo”,
disse o artista Júnior Ramito ao comemorar os avanços
na recuperação do seu irmão, Roger Ramito, trapezista que se acidentou durante uma apresentação,
no último domingo (03), em Várzea Grande. Ele é conhecido como o “Homem Pássaro”.

EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO

“Não ensina que alerta não é ferramenta mágica de desmaterialização”, advogado Fernando Leitão no grupo de WhatsApp do LIVRE ao questionar os serviços da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) em Cuiabá e a educação no trânsito brasileiro.

SABEDORIA INDÍGENA

 

“Minha mãe me contou que antigamente tinha pessoas do mesmo sexo que se casavam.
O preconceito não veio da gente, foi o homem branco que trouxe o preconceito”,

diz Gilmar chefe de comunicação da aldeia bororo Pobore, no sul de Mato Grosso.

APENAS OBSERVANDO 

“Eu saio desse processo e vejo que o Victório Galli tem mais interesse na sua reeleição do que no bem-estar de Mato Grosso”, Dilceu Rossato (PSL) ao anunciar que não irá mais disputar o Governo do Estado.

O PODER DA LEI 

“Ainda que seja verdadeiro o fato de que houve redução drástica das vistorias e autuações nas fiscalizações da referida Unidade de Preservação, a priori, isso, por si só, não significa, necessariamente, que houve obstrução dolosa ou culposa das fiscalizações”, juiz Luís Aparecido Bortolussi Júnior ao negar um pedido do Ministério Público Estadual (MPE) para afastar o secretário de Estado de Meio Ambiente, André Baby.

POLICIAL HERÓI 

 “Nós temos que levar essa imagem do policial herói para as comunidades e para as escolas”, disse o secretário de Segurança Pública Gustavo Garcia, no lançamento do programa Bairro Integrado.

MÚSICA 

“Um concerto é mais que um momento de fazer música, é um processo de revolução desses jovens. Significa que muita gente se mobiliza ao redor das apresentações, trazendo impactos humano, social e econômico diretos”, disse o violinista e compositor suíço-venezuelano Simón Gollo, convidado para solar e reger o concerto da Orquestra Ciranda Mundo na última quarta-feira (06).

E você? Alguma frase te marcou nesta semana? Comente aí embaixo, queremos saber o que você achou da semana que passou.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorA “reportagem” que cura: depois de relatar depressão, jornalista de Cuiabá começa a superar a doença
Próximo artigoEm dia de jogo do Brasil, Papai Noel faz peixada beneficente no Pantanal