Concurso de miss chega ao Instagram, mas seleção segue só para magras e altas

 

Reprodução/GIPHY

Miss

 

Na noite desta quinta-feira (16), catorze mulheres impecavelmente maquiadas, magras e altas desfilarão no palco do Cine Teatro Cuiabá, competindo para ver quem é a mais bela, recatada e do lar bela, educada e simpática. 

Em meio ao renascimento do movimento feminista e de tantos questionamentos sobre padrões de beleza, disputar uma faixa de miss parece retrógrado. Mais de 60 anos após a criação do primeiro concurso oficial no país, elas agora são escolhidas pelas redes sociais.

A seleção é feita pela advogada Nadeska Calmon, assessora jurídica e olheira do concurso Miss Cuiabá. “A era digital facilita muito a vida da gente. Fiz a seleção praticamente toda pelo Instagram”, conta.

Mil filtros, carão e ângulos certeiros. Sabe como é: todo mundo é mais bonito pela tela do celular. Sendo assim, é feita uma entrevista ao vivo – e de biquíni. 

A olheira também verifica se a candidata, além de estudar e trabalhar, “sabe conversar”. Como assim? “A gente avalia a capacidade de interagir com o público, se tem capacidade para representar o município. Não pode ser tímida”, explica. 

Nessa fase, algumas acabam demonstrando que não têm perfil para a disputa, mas Nadeska diz que tem coração mole. “Tem candidatas que têm esse sonho. Aí você vai frustrar o sonho da pessoa? Então você abre mão, deixa participar.”

Negras, morenas e brancas disputam o título de Miss Cuiabá. Nenhuma tem origem indígena. “Vamos ter no Miss Mato Grosso. Consegui uma representante de São Félix do Araguaia”, promete. “Mas só não dá para colocar japonesas porque aí já temos o Miss Nissei”.

Quem ganhar a faixa leva um prêmio de R$ 3 mil, bancado pela Prefeitura de Cuiabá, um ensaio fotográfico e um curso de inglês. Falar o idioma é pré-requisito para quem sonha mais alto: o Miss Brasil.

Galeria: Candidatas ao Miss Cuiabá

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJuíza acata denúncia contra empresários e ex-secretário
Próximo artigoValor da produção agropecuária chega a R$ 548 bi