Comissão técnica da Câmara Federal vem a Cuiabá vistoriar o VLT

Comissão de Viação e Transportes votou nessa quarta-feira (8) o requerimento para analisar projeto interrompido em 2014

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara Federal deve vir a Cuiabá no começo de julho para vistoriar as obras do VLT. O grupo aprovou nessa quarta-feira (8) a previsão de data para o dia 9.  

A vistoria técnica foi solicitada pelo deputado federal Gutemberg Reis (MDB-RJ). Deve ser averiguada a paralisação da obra, interrompida no fim de 2014, após descoberta de supostos crimes envolvendo o consórcio responsável pela construção e agentes políticos. 

A implantação do modal em Cuiabá e Várzea Grande foi orçada em R$ 1,477 bilhão e a execução teve a participação do governo federal, por meio de empréstimos do Banco Nacional do Desenvolvimento Social (BNDES) e da Caixa Econômica Federal (CEF). 

A vistoria da comissão técnica ocorrerá no contexto de troca do VLT por BRT, decidida pelo governo estadual. A desistência do projeto original poderia ter interferência da União por causa do empréstimo. 

LEIA TAMBÉM

Porém, em dezembro de 2021, o governador Mauro Mendes anunciou a quitação da dívida de cerca de R$ 500 milhões com bancos estatais para a finalização dos trâmites do VLT. Ainda conforme o governo, o pagamento encerra a participação do governo federal nos negócios. 

Hoje, a execução do projeto do BRT está paralisado por decisão duas decisões do Tribunal de Contas da União (TCU), também com informações no contexto de participação federal na obra. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCiro Gomes afirma que Brasil pode entrar em “guerra civil” caso Lula seja eleito
Próximo artigoDúvidas sobre a nova CNH? O Detran MT esclarece