Comissão de Política Agrícola e Logística da Aprosoja apresenta demandas à Sinfra

Segundo o adjunto, há recursos e que o planejamento está sendo realizado ouvindo todos os setores

Foto: Assessoria
Produtores rurais associados à Associação de Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja) apresentaram principais demandas relacionadas à logística ao secretário adjunto de Obras Rodoviárias da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), Nilton de Brito, durante reunião da Comissão de Política Agrícola e Logística, realizada nesta quinta-feira (04).
Participaram da reunião os membros da diretoria, delegados, associados e colaboradores da Associação. Conforme o coordenador da comissão e vice-presidente norte da Aprosoja, Zilto Donadello, reunião com a presença do secretário adjunto foi provocada pela entidade para iniciar o diálogo entre produtores e Governo de Mato Grosso. A principal finalidade era conhecer o planejamento da pasta para a logística estadual.
“Nós pedimos um posicionamento em relação ao Fethab sobre a soja e o milho, mas essa primeira reunião é para dar a oportunidade da Sinfra expor a mobilização, o planejamento, quais reconstruções, construções de pontes e rodovias. É importante fazermos esse contato e esperamos outras reuniões para dialogar e cobrar os investimentos dos recursos do Fethab”, explicou Zilto.
O secretário adjunto ouviu demandas, respondeu questionamentos dos produtores e explanou o planejamento as Sinfra para o setor de logística. Segundo o adjunto, há recursos e que o planejamento está sendo realizado ouvindo todos os setores, inclusive o de produção de alimentos.
“Estamos trabalhando em um planejamento, olhamos com bastante prioridade por onde passa o escoamento. Com certeza não iremos conseguir fazer 100%, mas faremos o possível para deixar o setor mais satisfeito e fazer um trabalho melhor nesses quatro anos, esse é nosso objetivo e temos recurso para isso”, pontuou.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO novo queridinho do agro
Próximo artigoFlamengo e Fluminense vão administrar o Maracanã