Comissão aprova criação de cadastro de condenados por pedofilia

Medida também deve valer para pessoas envolvidas no crime de tráfico de crianças e adolescentes para o exterior

Imagem ilustrativa

A Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados aprovou projeto de lei que autoriza a criação de um cadastro nacional com informações sobre pessoas investigadas, indiciadas, processadas e condenadas por pedofilia, crimes sexuais contra vulneráveis e tráfico de crianças e adolescentes para fins de exploração sexual.

O Cadastro de Informações para Proteção da Infância e da Juventude será abrigado no âmbito do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública, Prisionais, de Rastreabilidade de Armas e Munições, de Material Genético, de Digitais e de Drogas (Sinesp), banco de dados operado pelo Ministério da Justiça.

As informações serão de uso restrito de determinados agentes de segurança, Ministério Público, Poder Judiciário e conselhos tutelares. O acesso público será permitido apenas aos dados de pessoas com condenação definitiva pela Justiça (trânsito em julgado).

Tráfico de pessoas

Relatora do projeto, a deputada federal pelo Distrito Federal, Paula Belmonte (Cidadania) propôs uma emenda que insere as medidas na Lei 13.675/18, que criou a Política Nacional de Segurança Pública e Defesa Social (PNSPDS).

O substitutivo também prevê a inclusão, no cadastro, de informações sobre pessoas envolvidas no crime de envio ilegal de crianças ou adolescentes ao exterior.

A deputada disse que o cadastro, por ter abrangência nacional, é uma importante ferramenta de combate a crimes contra crianças e adolescentes.

O texto aprovado determina ainda que deverão constar no cadastro pelo menos os seguintes dados: identificação da pessoa com fotografia e endereço de residência, e o tipo penal do fato, circunstâncias e local em que foi ou teria sido praticado o ato.

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado agora pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

(Da Agência Câmara de Notícias)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTucanos escolhem Rodrigo Garcia para disputar governo de São Paulo
Próximo artigoGhostbusters: Mais Além lidera bilheteria americana; confira