|Quinta-feira, 17 Janeiro 2019
(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

Comércio e serviços geram quase 18 mil vagas de empregos em Mato Grosso

Vagas representam quase 50% do número total gerado em 2017, por todos os setores da economia

COMPARTILHECOMPARTILHE

Mato Grosso gerou 36.320 novos empregos de janeiro a novembro do ano passado, de acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho. O volume de vagas abertas no estado foi superior ao registrado no mesmo período de 2017, que contou com saldo positivo de 25.645 até novembro. Representa uma evolução de 41% no ritmo de geração de empregos na variação anual.

Os setores de comércio e serviços, juntos, geraram quase a metade dos postos de trabalho. O setor de serviços conseguiu 9.821 mil vagas no período, 27% do total, enquanto o comércio concentrou 22%, com saldo de 7.938 vagas.

Conforme os dados, a capital Cuiabá é a cidade que gerou mais vagas (4.677). Em seguida se destacam os municípios de Sinop (2.733), Rondonópolis (2.404) e Sorriso (2.291).

O presidente da Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado de Mato Grosso (Facmat) e da Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC), Jonas Alves, avalia que o crescimento da empregabilidade já é um sinal de recuperação das empresas.

“Isso vai fazer com que a economia renda mais, que o comércio funcione melhor, porque uma coisa gera a outra. Se essas pessoas estão sendo empregadas, estão gerando renda e consumo. É muito importante retomar esse crescimento para o estado de Mato Grosso como um todo”, disse.

Por outro lado, ele salienta que este crescimento ainda precisa ser mais pulverizado por todos os municípios do Estado. “Nós precisamos que Mato Grosso como um todo se desenvolva, que aumente a arrecadação, e que o estado consiga fazer mais investimentos em infraestrutura e em melhora das condições do ambiente de negócio. E nós, as Associações Comerciais e Empresariais, estamos trabalhando e buscando esse desenvolvimento para fazer com que as nossas empresas cresçam e que esse ambiente de negócios melhore”, concluiu Jonas Alves.

(Com assessoria)

Deixe um comentário

Please enter your name here
Please enter your comment!

LINKS PATROCINADOS

DESTAQUES

Bairro Cuiabá História Municípios Policia
Tem ideias para a Cuiabá 300 anos? Participe do Fórum com a prefeitura
Prefeitura e Juvam vão distribuir mais de 700 mudas de árvores no Parque das Águas
MPE aciona hospital, prefeitura e UFMT por lançamento de esgoto em córrego
Assembléia Legislativa Câmara Municipal Eleições 2018 Governo Judiciário Partidos Prefeitura
Sindicato da Empaer critica extinção e defende que governo crie fundação com novo CNPJ
Em meio a protesto e gás de pimenta, deputados aprovam restrição da RGA e novo Fethab
Com aval de Paulo Guedes, governador de Mato Grosso decreta calamidade financeira
Agricultura Agropecuária Economia Agrícola Indicadores Agrícolas Pecuária Tecnologia Agrícola
Comercialização da safra 17/18 do algodão mato-grossense entra na reta final
IBGE: PIB dos municípios do agronegócio tem crescimento médio de 13,65% em MT
Brasil vai exportar material genético bovino e bubalino para o Suriname
Artes Cênicas Artes Plásticas Artesanato Cinema Comportamento Cultura Popular Gastronomia LIteratura Música
Produtores de Family Guy dizem que piadas sobre homossexuais estão sendo boicotadas
Museu de Arte Sacra reabre as portas e convoca fotógrafos para exposição coletiva
Prefeitura convoca interessados em participar de projeto de celebração dos 300 anos
Corrupção Economia Eleições Estados Política
Tarifas de embarque em aeroportos terão aumento de 5,39%
Macri: viagem ao Brasil é começo de salto para a frente no Mercosul
Bolsonaro defende Mercosul enxuto e com relevância
Concurso Dicas Estágio Vagas de Emprego no Mato Grosso
Rede de hotéis oferece diárias a partir de R$ 99,90 em Cuiabá
Sine-Cuiabá tem 79 vagas e salários de até R$ 2.300 esta semana; confira
Sine em Mato Grosso oferece mais de 1,4 mil ofertas de emprego
X