Comercialização da safra futura do algodão alcança 60,87% da produção prevista

Alta do dólar durante a segunda metade de agosto foi o principal fator para o adiantamento das negociações

A comercialização do algodão mato-grossense da safra 18/19 apresentou um avanço mensal de 4,33 pontos percentuais durante o mês de agosto. A venda da safra futura já alcança 60,87% da produção prevista. Montante alcançado depois que a moeda norte-americana ultrapassou a o valor de R$ 4, potencializando um bom ambiente de negócio para os produtores.

Em contrapartida, a safra 17/19 não apresentou bons resultados no mesmo período. Conforme o periódico semanal do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), “as vendas da safra 2017/18 da pluma mato-grossense avançaram 2,92 pontos percentuais, alcançando 83,79% da produção”.

O informativo destaca ainda que essa lenta comercialização é consequência do baixo volume no adiantamento dos negócios nos meses anteriores.

O relatório aponta que o produtor da fibra está realizando “apenas negócios pontuais em períodos de pico dos preços. Explica que o agricultor tem buscado uma melhor margem de lucro, uma vez que as vendas de ambas as safras já estão adiantadas.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMT é destaque em três quesitos do Ranking de Competitividade, sendo negativo em dois deles
Próximo artigoAo vivo, repórteres lutam para se manterem de pé enquanto gravam furacão; veja vídeos