Com infecção aguda, adolescente morre em Hospital Regional de Sorriso

A suspeita é que ele tenha sido contaminado com hantavirose ou leptospirose; o laudo com a possível causa da morte sai em 30 dias

Foto: Gcom/MT

Maicon Natan, de 17 anos, morreu no Hospital Regional de Sorriso – HRS (400 Km de Cuiabá), nesta segunda-feira (25), após sofrer uma infecção aguda. Conforme informações da assessoria da secretaria municipal de Saúde, a suspeita é que ele tenha sido contaminado com hantavirose ou leptospirose.

Ainda segundo a secretaria, Maicon chegou na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) passando mal e em seguida foi encaminhado ao Hospital.

A coleta do material necessário para fazer as análises já foi colhido. O laboratório responsável pelos exames deve entregar o laudo com as causas reais em 30 dias.

O Diretor Técnico do HRS, Rodrigo Pereira Bezerra, explicou que a evolução dos sintomas aconteceram rapidamente.

“Os sintomas iniciais dele eram falta de ar, mialgia difusa, principalmente em membros inferiores. Após isso ele teve uma piora no quadro clínico com insuficiência respiratória”, ressaltou.

O adolescente foi sedado, entubado e colocado em ventilação mecânica. Entretanto, logo depois sofreu uma parada cardiorrespiratória e morreu.

Ainda conforme informações da assessoria, a secretaria de Saúde deve receber o prontuário médico durante a tarde desta terça-feira (26).

O sepultamento de Maicon aconteceu na manhã de hoje (26), no Cemitério Municipal.

As infecções

De acordo com um artigo do Ministério da Saúde, a Hantavirose é uma zoonose (doença que pode ser transmitida aos seres humanos pelos animais) viral aguda, cujas infecções em humanos, no Brasil, se apresentam na forma da Síndrome Cardiopulmonar por Hantavírus.

Os hantavírus possuem como reservatórios naturais alguns roedores silvestres, que podem eliminar o vírus pela urina, saliva e fezes. Os roedores podem carregar o vírus por toda a vida sem adoecer. A hantavirose é causada por um vírus RNA, pertencente à família Bunyaviridae, gênero Hantavirus.

Já a leptospirose é uma doença infecciosa aguda transmitida ao homem pela urina de roedores, principalmente por ocasião das enchentes. A doença é causada por uma bactéria chamada Leptospira, presente na urina de ratos e outros animais (bois, porcos, cavalos, cabras, ovelhas e cães também podem adoecer e, eventualmente, transmitir a leptospirose ao homem).

Os casos leves de leptospirose são tratados em ambulatório, mas os casos graves precisam ser internados. A automedicação não é indicada, pois pode agravar a doença. Ao suspeitar da doença, a recomendação é procurar um médico e relatar o contato com exposição de risco.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEl Chicano, filme conhecido popularmente como Batman Mexicano, ganha trailer
Próximo artigoZack Snyder finalmente revela se assiste aos filmes da Marvel