Com domínio em MT, União Brasil reúne filiados para lançar sede em Cuiabá

Partido tem o maior número de cargos públicos nas mãos hoje e quer aumentar a lista com deputados estadual e federal

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

União Brasil é o partido em Mato Grosso com o maior número de representantes em cargos públicos. A sigla tem mais de 260 vereadores, 40 prefeitos, quatro deputados estaduais, um senador, além do governo nas mãos Mauro Mendes. 

O balanço apresentado na reunião de ontem (30) à noite na inauguração da sede do partido no bairro Duque de Caxias em Cuiabá. O evento atraiu prefeitos, vereadores, deputados estaduais e federais e serviu para apresentar os nomes dos pré-candidatos a deputado federal. 

Estão na lista o ex-presidente do extinto PSL, Aécio Rodrigues, a ex-candidata a prefeita de Cuiabá, Gisela Simona e o presidente do diretório, Fábio Garcia. 

Filiados a outros partidos com apoio pré-acordo com União Brasil também apareceram; é o caso do presidente do PSB, deputado estadual Max Russi, da deputada estadual Janaína Riva (MDB) e o senador pré-candidato à reeleição Wellington Fagundes (PL). 

Lideranças do União se sucederam em falas, durante a cerimônia, que ressaltaram o arranjo do grupo para as eleições 2022 e o fato curioso ainda não ter surgido um candidato para enfrentar Mauro Mendes em campanha. 

“Candidatos para deputado estadual, temos; para deputado federal, temos. Candidatos para o Senado, também temos [referência à hipótese de candidatura própria]; e se precisar para o governo, nós também temos”, disse o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho. 

A emenda foi feita pelo senador licenciado Jayme Campos: “Nós não podemos nem fazer pesquisa porque não sabemos quem será o adversário de Mauro Mendes; se tivesse alguém à altura já teria surgido, e se surgir vai levar catada”, pontuou. 

Cauteloso, o governador Mauro Mendes se conteve a relembrar as ações tomadas em seu mandato desde 2019 e dizer que o cenário ainda não favorece avançar nas negociações eleitorais. 

“Isso [confirmação da candidatura] não está no script [de hoje]. O objetivo é apresentar o espaço do partido para oxigenar os debates, e até 5 de agosto [último data das convenções partidárias] essa decisão sai”, afirmou. 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNão dê mole para o Leão! Hoje é o último dia para entrega do imposto de renda
Próximo artigoSenadores querem imposto menor ao etanol para resguardar vantagem no preço