Com coralistas e orquestra tocando ao vivo, A Sociedade do Anel será exibido em São Paulo

Filme será exibido em tela de alta definição, grandes proporções e com qualidade de som impecável

Os fãs da trilogia O Senhor dos Anéis que tiveram o primeiro contato com a obra de J.R.R. Tolkien pelos livros ou assistiram aos filmes de Peter Jackson poderão, já no próximo ano, vivenciar uma experiência ainda mais dramática. O compositor da trilha cinematográfica, Howard Shore, idealizou um cine-concerto que circula por vários países e chega ao Brasil no próximo ano.

Nos dias 6 e 7 de julho, no Espaço das Américas em São Paulo, os brasileiros terão a oportunidade de assistir ao Senhor dos Anéis In Concert – A Sociedade do Anel, exibido em tela de alta definição e grandes proporções, somada a uma qualidade de som impecável e o que é fantástico, com acompanhamento ao vivo de coralistas e 250 músicos da Orquestra Sinfônica Villa Lobos – sob regência do maestro brasileiro Adriano Machado. O concerto é dividido em dois atos de 1h40, cada. No sábado, será às 19h30 e, no domingo, às 18h. O cine-concerto exalta a música e como ela interage com trechos do filme e falas dos personagens.

Shore já coleciona em seu currículo trilhas de outros grandes sucessos do cinema, como O Silêncio dos Inocentes, Filadélfia, Dogma e O Aviador, mas foi com O Senhor dos Anéis que seu nome ganhou ainda mais reconhecimento. A trilha sonora de O Senhor dos Anéis deu a Howard Shore três Oscar – em 2001 pela trilha de A Sociedade do Anel e 2003 pelo Retorno do Rei, além de Melhor Canção por “Into The West”. Ganhou também, quatro Grammy e três troféus do Globo de Ouro.

O espetáculo

Neste espetáculo, o compositor Howard Shore revela o grande trabalho sinfônico, desenvolvido de uma maneira singular, juntando vários séculos de tendências e estilos.

A música do Senhor dos Anéis está entre os trabalhos mais complexos das trilhas sonoras de filmes. Esta performance única se prende à trilha sonora do filme, mas permite que a música ao vivo carregue seu próprio peso narrativo, criando uma experiência completamente nova e dramática. O show não vai apenas capturar a complexa emoção, cenários de tirar o fôlego e grandes jornadas da Sociedade, mas também ressoa a mais pura construção de Tolkien para a Terra Média.

Estilos, instrumentos e performances capturadas ao redor do mundo fornecem a cada uma das histórias de Tolkien uma impressão musical única.

O filme “A Sociedade do Anel”

No filme, o jovem Hobbit Frodo Baggins herda um anel; mas este anel não é mera bugiganga. O Anel é um instrumento de poder absoluto que poderia permitir a Sauron, o sombrio Senhor de Mordor, governar a Terra-Média e escravizar seus povos. Frodo, junto com a sociedade que inclui seus leais amigos Hobbit, Humanos, um Mago, um Anão e um Elfo, devem levar o Anel através da Terra Média para o Monte da Perdição e destruí-lo para sempre. Tal jornada significa se aventurar profundamente no território ocupado por Sauron, onde está acumulado seu exército de Orcs. E não são apenas os males externos que a Sociedade deve combater, mas também a dissensão interna e a influência corruptora do próprio anel. O curso da história futura esta entrelaçado com o destino da Sociedade.

Como comprar ingresso?

Antes de chegar ao Brasil, o cine concerto será apresentado na Alemanha, Áustria, China, Espanha e Canadá. Em todos estes lugares, cada setor da plateia ganhou nome de reinos da Terra Média. No Brasil, o setor mais caro é o de Lórien, a partir de R$ 200,00. Ingressos já estão à venda no site Ingresso Rápido.

Sinta o clima [o compositor fala sobre o concerto]:

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPara ministro, é “mais simples” unir MEC com Ciência e Tecnologia
Próximo artigoInflação oficial é de 0,45% em outubro