Com Bolsonaro, Mauro Mendes aposta na redução da criminalidade

Jair Bolsonaro foi declarado presidente no início na noite deste domingo

Com o anúncio da vitória de Jair Bolsonaro (PSL) na disputa pela Presidência da República, poucos minutos após às 18 horas deste domingo (28), o futuro governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (DEM), disse esperar que o Brasil encontre um novo caminho e que o novo presidente trabalhe pela desburocratização do Estado e pelo combate da criminalidade.

“Que o nosso presidente Jair Bolsonaro possa fazer tudo aquilo que os brasileiros esperam de um Governo Federal. Que vá na linha da simplificação do Estado e que realmente enfrente a criminalidade da forma que precisa ser feito, para trazer a liberdade para a grande maioria das pessoas de bem que estão amedrontadas no nosso país”, declarou ao LIVRE.

Embora tenha se mantido neutro no primeiro turno, no qual foi eleito governador com um grupo político que contava com três presidenciáveis, Mauro Mendes já havia revelado ter votado em Bolsonaro e declarou apoio ao candidato no segundo turno, logo após o anúncio do resultado.

Com 94% das urnas apuradas, Jair Bolsonaro foi considerado matematicamente eleito presidente com 55,5% dos votos válidos contra 44,4% de Fernando Haddad (PT), com quem disputou o segundo turno das eleições 2018. Ele será empossado em 1º de janeiro de 2019, mesmo dia dos governadores eleitos em cada Estado.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorGovernador do Amapá, Waldez Góes, é reeleito
Próximo artigoAnálise: 2019, o ano de Bolsonaro