Com a pandemia a construção civil se reinventa com mansão vertical ao estilo casa suspensa em Cuiabá

As novas tendências e demandas do estilo de viver e morar impostas pela pandemia já são atendidas pelo Grupo São Benedito, um das maiores construtoras da região Centro-Oeste. A inovação nasce com o conceito Casa Suspensa no empreendimento Harissa, em construção na área mais nobre do Jardim das Américas de frente para a Avenida Fernando Correa. A torre residencial promete ser um ícone de beleza e imponência do mercado imobiliário de alto padrão, atendendo verdadeiramente o conceito Casa Suspensa ao implementar metragens generosas e ambientes inovadores, promovendo muita liberdade pós entrega para que o morador, caso deseje, ainda mais integração dos ambientes. Todos os apartamentos no Harissa são estilo Casa Suspensa, com metragens a partir de 165 m², as maiores têm 497 m², algumas unidades têm pé direito duplo e as duas coberturas têm piscinas e 5 suítes. Os apartamentos Tipo têm 3 suítes, sendo 1 master, com closet amplo, itens modernos, como pré-instalação para dois chuveiros e pias duplas. A integração dos ambientes impressiona, principalmente do living com a varanda gourmet e a cozinha. Ainda na cozinha ganha destaque a bancada em ilha, um dos pontos altos deste ambiente, trazendo mais sofisticação e atendimento ao novo desejo de cozinhar entre amigos.

“Implementamos um projeto único em Cuiabá, jamais visto, com elementos arrojados e futuristas, entre eles, na área privativa, destaco o home office com entrada independente em cada um dos apartamentos, um espaço  fundamental durante a pandemia.  A luz natural e a integração são mais aproveitadas no Harissa, os ambientes interligados promovem mais movimento, portanto a sensação é de estar de fato em uma casa suspensa, pois remete verdadeiramente a impressão de estar em uma casa térrea avarandada”, destaca Omar Maluf, diretor do Grupo São Benedito.

O futuro chega também nesse empreendimento nas áreas compartilhadas, com elementos que evidenciam e valorizam a natureza, o pórtico já demonstra essa projeção, sendo uma imensa folha estilizada, além de um boulevard. “É extraordinária a ambientação e a dimensão da boulevard, esta via urbana no Harissa é imensa, além de ter um grande trabalho estético, amplamente cercado por vegetação, trazendo conforto e requinte de um perfeito e harmônico  paisagismo. Além de inédita a  boulevard atende a vocação dos moradores da região. É sem dúvida impactante”, define Amir Maluf, diretor do Grupo São Benedito.

O empreendimento também tem exuberância na sala de cinema, salão de festas, piscina estrategicamente elaborada com 37 metros de raia, com direito a uma vista exuberante do pôr do sol, o sunset será viciante. Entre tantos elementos tem ainda uma oficina de bike, e claro, inúmeros espaços de área gourmet e churrasqueiras. A elegância e o charme ficam mais que garantidos nestes ambientes, pois serão entregues decorados e equipados. O projeto ainda inclui muito concreto aparente, vidro e terraços exuberantes, com curvas e retas em seu designer, com 36 pavimentos apenas de apartamentos, pavimento de lazer, térreo e quatro sobre solos de garagem, totalizando 41 pavimentos, tornando-o uma torre altíssima. Novidades e modernidades também se traduzem no Harissa com um funcional coworking, espaço para recebimento de encomendas, ampliando a segurança e propondo mais eficiência de serviços aos moradores. E ainda na garagem se faz presente ainda mais um elemento da nova tendência  mundial, vagas compartilhadas para elétricos.

“O mundo mudou diante da pandemia e a construção civil também precisou se reinventar. Ressignificar nossos projetos é priorizar a satisfação e as necessidades atuais, ao repensar a forma de viver com mais qualidade de vida em períodos desafiadores”, explica Amir Maluf, diretor do Grupo São Benedito.

O novo empreendimento compõe  um rico conjunto de lançamentos imobiliários do Grupo SB em Cuiabá.  “A construção civil não pode parar, este segmento tem uma das maiores responsabilidades sociais e econômicas do país. Diante desta realidade vamos continuar investindo pesado,” finaliza Omar Maluf.

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJustiça mantém prisão de 14 investigados por crimes dentro da polícia de MT
Próximo artigoMT já aplicou R$ 1,6 milhão em multas por descumprimento de decretos