Coisas da política

Antes que Ulysses Moraes fosse empossado, Max Russi regulamentou a renúncia a verba indenizatória

Ao ser eleito deputado estadual, Ulisses Moraes (DC) anunciou que sua primeira proposta ao assumir a cadeira na Assembleia Legislativa seria a redução de 50% da verba indenizatória dos parlamentares, hoje de R$ 65 mil por mês.

Antes que fosse empossado, porém, seu futuro colega de Parlamento, Max Russi (PSB), se adiantou e propôs a regulamentação da renúncia ao benefício, que já foi aprovada e sancionada pelo governador Mauro Mendes (DEM).

Pela lei, publicada em 14 de janeiro, o deputado poderá, no dia da posse, renunciar a parte ou a totalidade da verba indenizatória, sendo que o montante será destinado à Sala da Mulher, que é vinculada ao próprio Legislativo. Os valores devolvidos deverão ser aplicados em programas sociais e a renúncia é irretratável na mesma legislatura.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorO preço da melancia
Próximo artigoO preço da pera

O LIVRE ADS