Cocriador do Twitter defende venda para Elon Musk: “confio em sua missão”

A transação deve ser finalizada nos próximos meses.

Jack Dorsey, um dos criadores do Twitter, viu a venda da plataforma para Elon Musk com bons olhos e acredita que será uma transação benéfica.

Em uma série de postagens, Dorsey diz que o Twitter é o mais próximo de uma consciência global que temos atualmente.

“A ideia e o serviço são tudo o que importa para mim, e farei o que for preciso para proteger ambos. O Twitter como empresa sempre foi meu único problema e meu maior arrependimento. Foi propriedade de Wall Street e do modelo de anúncios. Pegá-lo de volta de Wall Street é o primeiro passo.”

Além disso, Dorsey afirmou que Musk é a única solução em que confia para o Twitter ter um dono, mesmo não sendo o melhor caminho.

“Em princípio, não acredito que alguém deva possuir ou administrar o Twitter. […] O objetivo do Elon de criar uma plataforma que seja ‘confiável e amplamente inclusiva’ é o correta. Esse também é o objetivo de Parag Agrawal [atual CEO da empresa] e por isso o escolhi. Obrigado a ambos por tirar a empresa de uma situação impossível. Este é o caminho certo… eu acredito com todo meu coração. Estou tão feliz que o Twitter continuará a servir para as discussões públicas. Ao redor do mundo, e nas estrelas!”

Musk comprou toda a plataforma ontem, 25, pelo valor de US$ 44 bilhões. A transação deve ser finalizada nos próximos meses.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorJogos e aprendizado: uma forma eficiente de aprender e se desenvolver
Próximo artigoPedro Pascal sabia que Luke apareceria em The Mandalorian