Cobrança pela Ferronorte

Presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho diz que falta ao governo estadual "abraçar" projeto

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre)

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, Eduardo Botelho (DEM), quer que o governador Mauro Mendes empunhe a bandeira de instalação da Ferronorte até Cuiabá. 

Ele diz que a autorização do Estado para que as obras iniciem é saída para destravar o projeto que está parado na mesa do ministro Tarcísio Gomes de Freitas e pode ser trocado pela Ferrogrão. 

“Nós queremos que o governador abrace a causa da Ferronorte para os trilhos chegarem até Cuiabá e Várzea Grande. Isso vai trazer industrialização para Mato Grosso. O Estado pode assumir esse projeto que só esperando autorizar para começar a trabalhar”, disse. 

Botelho busca preparar o caminho com a votação de projeto de lei que regulariza a concessão de exploração de ferrovias em Mato Grosso, já em trâmite na Assembleia.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMP quer responsabilizar quem permitiu aglomeração em velório de pastor em Cuiabá
Próximo artigoEmanuel no Pros