Cobertor curto

Deputados estaduais de oposição vão querer "melar" o corte de impostos proposto em MT

O governo de Mato Grosso não descarta que emendas sejam apresentadas ao pacote de corte de ICMS apresentado ontem. Sobretudo deputados de oposição devem fazer questionamentos.

O argumento desses deputados é que o governo se negaria a pagar mais que 6,5% da reajuste salarial aos servidores em 2022, mas abrirá mão de receita: a estimativa está em R$ 1,2 bilhão.

O governo diz que qualquer percentual mais alto do que está apresentado implicará em cortes das despesas.

Na base, alguns deputados defendiam uma redução de 50% no ICMS para os meses de calor mais intenso em Mato Grosso. Mas, concordaram com alíquota menos seca e permanente.

O pacote foi mostrado aos deputados estaduais da base em reunião na tarde de segunda-feira (27). A oposição não compareceu.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorTom Hardy comenta sobre críticas negativas de Venom
Próximo artigoRedução do ICMS não deve ser percebida nos postos de combustíveis, diz economista