Clube da Luta ganha versão bizarra com final feliz alternativo na China

Versão censurada está rendendo polêmica

O clássico Clube da Luta sofreu uma alteração gigantesca em sua exibição no streaming chinês Tencent Video.

Segundo informações do Vice, a versão do filme disponível na plataforma chinesa não exibe o clímax do filme e traz um letreiro que altera completamente o final da obra, para dar um tom de “final feliz”.

Na versão alterada, o Narrador impede o ataque terrorista organizado por Tyler Durden contra o centro financeiro da cidade.

Confira:

“Por meio da pista fornecida por Tyler, a polícia rapidamente descobriu o plano inteiro e prendeu todos os criminosos, prevenindo com sucesso a explosão das bombas. Após julgamento, Tyler foi mandado para tratamento psiquiátrico em uma instalação. Ele foi liberado do hospital em 2012.”

Nessa versão, eles batizam o personagem de Edward Norton, conhecido como o Narrador, como Tyler Durden, algo que nunca é confirmado no corte original.

Especula-se que a censura ocorreu por ordens do governo chinês, a fim de repelir inspirações rebeldes e contrarrevolucionárias.

Até o momento, David Fincher, diretor da obra original, não se pronunciou sobre a alteração.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPedro Taques: Justiça Eleitoral arquiva processo sobre suspeita de caixa 2
Próximo artigoEthan Hawke teve medo de aceitar papel de vilão de Cavaleiro da Lua