Cliente processa operadora de telefonia e acaba condenado por tentar “escapar” de dívida

O homem queria o cancelamento de uma linha e se livrar de uma conta de R$ 111

(Foto: Criado por jcomp - br.freepik.com)

O cliente de uma operadora telefônica viu um processo movido contra a empresa se voltar contra ele próprio. O homem alegou que foi cobrado por um serviço que não contratou, mas não conseguiu provar suas alegações. Acabou condenado a pagar a dívida que tinha e ainda as custas da ação judicial.

De acordo com o processo, o cliente de Cuiabá não queria pagar uma dívida de R$ 111,75 e ainda pedia o cancelamento da linha.

Entretanto, de acordo com a decisão do juiz Eviner Valério, a empresa acusada apresentou em sua defesa um contrato assinado pelo homem, pagamentos de contas antigas, documentos pessoais e até o registro das chamadas feitas por ele.

O consumidor, por sua vez, não entregou ao juiz os dados requeridos, ou seja, comprovante do pagamento supostamente indevido e que deveria ser ressarcido e indenizado.

Resultado: o homem acabou condenado por litigância de má-fé e, além da conta atrasada, ainda terá que arcar com os juros e com o pagamento de 9% do valor corrigido da causa, das custas processuais e dos honorários advocatícios.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMato Grosso tem o etanol mais atrativo do País, diz presidente da Unem
Próximo artigoApós Freddie Mercury e Elton John, David Bowie vai ganhar filme