Cirurgias eletivas

Elas foram suspensas por causa da pandemia. Agora, deputado pede a retomada, já que taxa de ocupação das UTIs caiu

(Foto: Prefeitura de VG)

O deputado estadual Max Russi (PSB) quer que os hospitais da rede pública de saúde em Mato Grosso voltem a realizar as cirurgias eletivas, ou seja, as que são necessárias, mas não representam casos de urgência.

Pacientes que precisam passar por esses procedimentos estão aguardando autorização desde de março, quando os primeiros casos de covid-19 foram registrados no Estado.

O argumento da Secretaria de Estado de Saúde (SES) é que todo paciente que passa por uma cirurgia precisa de um leito de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de retaguarda, para o caso de haver uma complicação.

Como estes leitos precisam ser reservados para os pacientes da covid, as cirurgias foram suspensas.

Agora, no entanto, a avaliação do deputado é que a situação da pandemia já está controlada, por isso, as cirurgias – em especial as ortopédicas – poderiam ser retomadas.

Segundo o último boletim informativo sobre a pandemia – emitido pela SES na noite desta quarta-feira (12) -, a taxa de ocupação das UTIs exclusivas para pacientes da covid está em 79%.

LEIA TAMBÉM

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorNa madrugada: fogo quase invade condomínio em Cuiabá
Próximo artigoMorre Evandro Birello