Ciosp registra mais de 7 mil denúncias anônimas em 2021

As principais ocorrências registradas foram relacionadas aos crimes de tráfico de drogas, estelionato/fraude e maus-tratos contra animais

(Foto: Lenine Martins / Sesp MT)

De janeiro a dezembro de 2021, os números de emergência do Disque-Denúncia da Polícia Judiciária Civil (197 e 181) receberam 7.001 denúncias anônimas que auxiliaram não só nas investigações de possíveis crimes ocorridos, mas também no combate à criminalidade em Mato Grosso. As ligações de emergências são recebidas pelo Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).

O crime que apresentou o maior registro de denúncias no ano passado foi o tráfico de drogas, com 2.471 registros. Em seguida, estão os crimes de estelionato/fraude, que somam cerca de 739 denúncias. Os maus-tratos contra animais também apresentaram um grande volume de denúncias, sendo 387 ocorrências registradas.

A gerente de denúncias anônimas da Sesp-MT, Daise Beckmann, avalia como positivo o ano de 2021 e destaca o papel importante que a sociedade tem para elucidar os crimes e combater a criminalidade em Mato Grosso.

“Isso se deve a confiança que a população apresenta na segurança, podendo, por meio dos canais 197 e 181, fornecer informações sobre crimes ou delitos de forma anônima. As denúncias têm sido muito significativas para a segurança pública e para as investigações, pois as informações obtidas por meio das ligações norteiam ou até mesmo complementam a investigação policial, contribuindo para o combate ao crime”, destacou Daise.

Além disso, também estão entre os maiores registros de ligações em 2021, os crimes de formação de quadrilha/associação criminosa, sendo 298 registros; foragidos, com 167 casos; coronavírus/aglomeração, com 126 ocorrências; roubo/furto de veículos, com 98 denúncias e maus-tratos a menores, que totalizaram 87 registros.

Comparativo com 2020

No ano de 2020, a população também se manteve parceira da Sesp-MT na prevenção da criminalidade. Os números de ligações anônimas foram ainda maiores em 2020, sendo registradas ao todo 7.963 denúncias. O tráfico de drogas ficou na posição de crime com maior número de denúncias na ocasião, com 3.054 registros, seguido de estelionato/fraude, com 588 denúncias e coronavírus/aglomeração, sendo 482 ocorrências.

Ainda ocupa a lista de denúncias, formação de quadrilha (388), maus-tratos contra animais (343), ameaça (291), foragidos (178), maus-tratos a menores (133) e roubo/furto de veículos (123).

A redução no número de denúncias de um ano para o outro tem uma explicação, conforme afirmou a gerente de denúncias anônimas. “Eu acredito que houve uma diminuição de um ano para o outro, pois 2020, por conta da pandemia, o nosso registro de denúncias de aglomeração foi maior. Já em 2021, as pessoas se conscientizaram mais, buscaram ficar em suas casas. Até mesmo os índices de criminalidade apresentaram redução de um ano para o outro”, destacou Daise.

As ligações telefônicas para o 197 e o 181 não têm custo para o denunciante, são anônimas e também é possível denunciar todo o tipo de crime. O atendimento ao cidadão acontece de forma ininterrupta, funcionando 24 horas por dia, sete dias da semana.

O Ciosp também recebe chamadas dos números de emergência da Polícia Militar (190), Corpo de Bombeiros Militar (193), Guarda Municipal (153), Trânsito do Município (118), Defesa Civil (199) e da Polícia Rodoviária Federal (191).

Canal virtual

(Foto: Divulgação / Sesp-MT)

Além das ligações telefônicas, outra alternativa são os canais virtuais. O denunciante pode recorrer ao site da Sesp-MT, por meio do E-Denúncias e o site da delegacia virtual da Polícia Judiciária Civil (PJC-MT).

Para o site E-Denúncias, o cidadão pode acessar o site: www.edenuncias.mt.gov.br ou acessando o site da Sesp-MT, localizando o ícone no canto superior direito do site. A ferramenta também é disponibilizada no ícone Cidadão, na barra de Serviços do site da secretaria.

Outra opção de denúncia é pelo canal da delegacia virtual da Polícia Judiciária Civil, pelo site: www.delegaciavirtual.mt.gov.br.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorDemanda por testes de farmácia de covid-19 tem aumento expressivo
Próximo artigoPesquisa constata que máscaras não afetam respiração ou trazem risco à prática de exercícios