Cinco números que mostram a força do agronegócio de Mato Grosso

O LIVRE preparou uma lista que pode surpreender muita gente da zona urbana. Depois de uma semana tumultuada para o setor do agronegócio, com inúmeras discussões até a aprovação do novo Fethab, o LIVRE separou alguns números impressionantes do setor de alimentos em Mato Grosso. Confira: 

1 –  Em Mato Grosso existe mais bovinos e bubalinos do que pessoas. É o estado com o maior rebanho do país, aproximadamente 30,07 milhões de cabeças, segundo dados da última campanha de vacinação do Instituto de Defesa Sanitária Animal (Indea-MT). São cerca de nove animais por habitante.

2 – Mais de 26% da produção de grãos brasileira vem de Mato Grosso. O estado é o maior produtor de milho, soja, girassol e algodão do país. Neste ciclo deverá colher uma supersafra estimada em mais de 63,3 milhões de toneladas de grãos.

3 – Nesta época do ano as lavouras de girassol – especialmente na região de Campo Novo do Parecis – se tornam um atrativo para muitas “selfies”. Em meio a tanta beleza, Mato Grosso deve produzir neste ano 55% da safra de girassol do país. Os dados são da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e consagram MT como campeão também nesta cultura.

4 – Mato Grosso é responsável por 20% da carne bovina exportada pelo Brasil em 2018. Em 2018, segundo Imea, 353,72 mil toneladas de carne mato-grossense foram postas nas mesas de famílias ao redor do mundo. As exportações movimentaram 1.119 bilhão de dólares.

5 –  50,5% é a porcentagem que o agronegócio representa no PIB estadual. Em todo o país, a atividade representa ¼ do PIB nacional (cerca de 23%).

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorChef “cura” câncer do marido com receitas próprias e abre padaria lowcarb em Cuiabá
Próximo artigoCom corte de 21 mil cargos, governo quer economizar R$ 209 mi por ano