Cinco cuidados durante as compras de presentes do Dia das Crianças

Além dos golpes, existem verificações que os próprios consumidores devem ficar atentos para a segurança das crianças.

O Dia das Crianças é a última data importante para o comércio antes do Natal. Como de costume, surgem promoções e combos de brinquedos, mas o consumidor precisa estar atento, porque, muitas vezes, por trás dos atrativos vem grandes golpes.

Além destes problemas, existem verificações que os próprios consumidores devem ficar atentos para a segurança das crianças.

O LIVRE conversou com a superintendente do Procon estadual, Gisela Simona, e ela separou cinco pontos que devem ser verificados com atenção durante as compras.

Vendas casadas:

A venda casada é um crime, ele acontece quando o consumidor acaba comprando algum produto a mais por pressão ou sem ser contatado de forma clara, levando um outro produto que talvez nem era desejado.

Exemplo:

  • “Você terá desconto em sua compra se levar tal brinquedo a mais”.
  • “Na compra de um lanche e mais um valor X, você receberá um brinquedo de brinde”.

Valores:

Verifique se os valores a pagar são os mesmos que estão na identificação do produto em prateleira. O consumidor deverá pagar somente aquilo que está sendo indicado.

Prazo de troca:

É muito importante verificar se há alguma placa indicando que o produto não pode ser trocado.

Em caso de não haver trocas de peças ou brinquedos de promoções, DEVE-SE indicar, antes mesmo da compra, se pode ou não ser futuramente trocado.

Verificação de faixa etária:

Verificar essas indicações é muito importante, pois os brinquedos podem conter pequenas peças a serem engolidas por crianças abaixo da faixa etária.

“O risco de uma criança engolir uma peça de brinquedo pode variar desde uma simples complicação digestiva até sua morte”, diz Gisela Simona.

Verificação do selo:

A verificação do selo Inmetro, ou até mesmo outro órgão de certificação, é obrigatória para produtos destinados a crianças de até 14 anos.

O selo pode estar impresso ou em etiqueta autoadesiva na embalagem ou afixado no produto. Também pode estar em etiquetas de pano, como no caso de bichos e bonecos de pelúcia. Todo brinquedo, seja nacional ou importado, deve ser certificado pelo Inmetro.

Como você se sentiu com este conteúdo?

loading spinner

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.