Cinco anos e nada!

Equipamento doado ao governo de Mato Grosso é abandonado e só cinco anos depois, Justiça manda alguém fazer alguma coisa

(Foto: MP/MT)

Uma oficina ortopédica itinerante doada ao governo de Mato Grosso há cerca de cinco anos, enfim, pode começar a ter alguma utilidade. O problema não está no equipamento, que – apesar do abandono – serviria para atender pessoas com deficiências físicas, mas na inércia do Estado em utilizá-lo.

A denúncia de que o objeto furto de doação estava jogado na sede do Centro de Reabilitação Integrado Dom Aquino Correa (Cridac) chegou ao Ministério Público em 2017.

Na época, o Núcleo de Defesa do Patrimônio Público notificou a Secretaria de Estado de Saúde (SES), que pediu 180 dias para criar um plano de como utilizar o equipamento. O prazo passou e passou…

Uma ação civil pública, então, foi protocolada pelo MP e, finalmente, julgada na última terça-feira (11).

A juíza Célia Regina Vidotti mandou o governo comprar os insumos e providenciar equipe técnica para que a oficia sirva a seu propósito: criar próteses e demais adaptações para pessoas que precisam e não podem pagar por isso.

Segundo o MP, apesar do tempo em que está exposta ao “deus dará”, a oficina ainda tem condições de operar. Mas não vai ser agora. O governo ainda pode recorrer da decisão e, mesmo que não o faça, a juíza deu mais seis meses de prazo para as adaptações necessárias.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMãe vê conversa da filha com amigo e descobre que ela foi estuprada por tio
Próximo artigoHomenagem: curtas produzidos por Evandro Birello serão exibidos em mostra