Cientistas alertam para espalhamento de variante do coronavírus em aeroportos

Estudo do Observatório Covid-19 BR aponta rotas com maior risco de propagarem nova variante do vírus

(Foto: Governo do Ceará)

A nova variante do coronavírus é mais contagiosa que as anteriores, explicam os cientistas. No Brasil, uma variante foi encontrada em Manaus. Para evitar a proliferação da mutação no Amazonas e em todo Brasil, as autoridades sanitárias sugerem maior controle no fluxo de pessoas nos aeroportos.

O alerta é feito em nota produzida pelo Observatório Covid-19 BR, que mapeou a vulnerabilidade dos aeroportos.

Segundo o estudo, São Paulo, Guarulhos, Brasília, Rio de Janeiro (Santos Dumont), Confins, Porto Alegre, Rio de Janeiro (Galeão), Salvador, Curitiba, Recife, Fortaleza, Campinas, Florianópolis e Vitória têm maiores chances de receber pessoas infectadas com a variante do vírus.

A vulnerabilidade dos aeroportos citados é uma medida do potencial de contágio pela nova variante, usando o fluxo de passageiros entre aeroportos nacionais ao longo do ano de 2019. O fluxo de passageiros foi obtido a partir dos dados de registro de voos da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

(Foto: Divulgação)

A instituição elaborou um mapa com a possível dinâmica de espalhamento. Os maiores potenciais  de vulnerabilidade estão representados em vermelho. Já as menores estão representadas em tonalidades de verde.

“Esses aeroportos são, portanto, os com maior probabilidade de já terem recebido visitantes portadores das novas mutações durante as festas de final de ano”, afirma a nota. O documento recomenda um maior controle do fluxo de pessoas, tanto em rotas aéreas quanto rodoviárias e fluviais.

Nova variante

A nova linhagem do vírus encontrada no Brasil tem um conjunto de mutações genéticas com potencial de aumentar a transmissão e reinfecção pelo vírus. O que diferencia a variante da linhagem já conhecida é um conjunto de mutações genéticas.

A variante  pode elevar os riscos de aumento da transmissibilidade e de reinfecção pelo coronavírus.

(Com Agência Usp)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCuiabá cria comitê de modais
Próximo artigoMP pede que 11 vereadores de Alta Floresta devolvam mais R$ 400 mil de 13º