Ciência e literatura: bibliotecas de MT recebem mais de 100 livros raros

Maior parte do acervo, que pertencia ao professor da UFMT Antônio Carlos Drummond, foi recebido pelo TRE-MT

A Biblioteca do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso recebeu a doação de 114 livros já esgotados e, portanto, difíceis de serem adquiridos na atualidade. O acervo, que contempla as áreas da Filosofia, Ciências Sociais, Política, História e Literatura, pertencia ao professor de sociologia da UFMT, Antonio Carlos Drummond Monteiro de Castro, falecido em 2015. A doação foi realizada pela esposa do docente, Maria Angélica Spinelli.

Conforme a chefe da Seção de Biblioteca e Editoração do TRE-MT Lener Aparecida Galinari, nem todos os livros recebidos permaneceram na instituição. Obras específicas na área de “crítica literária” e outros temas em língua estrangeira foram doados às Bibliotecas da UFMT, UNIC e Univag. Confira os títulos doados aqui.

“Fizemos uma triagem dos livros recebidos utilizando-se como base o interesse dos nossos usuários. Essas obras não seriam consultadas na Biblioteca do TRE devido à temática específica na área da literatura e, assim, foram doados às universidades com o objetivo de valorizar e disponibilizar esse material aos seus acadêmicos”, explica.

O doador

Antonio Carlos Drummond Monteiro de Castro nasceu no Rio de Janeiro em 1947. Filho de José Monteiro de Castro, renomado político em âmbito nacional e estadual, e de Maria de Lourdes Drummond Monteiro de Castro, reconhecida por suas ações sociais, recebeu deles importantes referências que carregou por toda a vida.

Graduado pela UFMG, o professor dedicou-se à formação acadêmica clássica, em reconhecidas universidades do país, se aproximando, também, de outras formas de conhecimento como a filosofia oriental, a sabedoria chinesa, a música, o cinema, a fotografia e a poesia, entre outros. Mas foi na literatura de Guimarães Rosa seu mergulho foi mais intenso.

Seu ex-aluno e supervisor do Cineclube Coxiponés, Diego Baraldi lembrou, em cerimônia de enterro das cinzas de Antônio Carlos, “o mundo que ele generosamente descortinou para nós, (…) ainda tão jovens. Um mundo de autores que construíram narrativas instigantes para pensar as mudanças do Brasil, mas também para estimular nosso pensamento a produzir mudanças pessoais, mais interiores, mais subjetivas”.

Biblioteca do TRE-MT

Atualmente a biblioteca do TRE-MT possui um acervo de quase 7 mil exemplares e é referência em atendimento ao público interno e externo e ao acervo especializado em Ciência Política, Direito Constitucional, Democracia e Direito Eleitoral.

As obras disponíveis, além de contemplar as áreas acima descritas abordam outros assuntos, dentre eles: Direito Administrativo, Civil, Processual Civil, Penal, Processual Penal, Direito Previdenciário, Finanças, Gestão Pública, Contabilidade Pública, História, Psicologia Organizacional.

Além dos livros e periódicos impressos, a biblioteca conta com acervo digital de DVDs e CDs da Editora Fórum, além de documentos históricos do Tribunal; fotografias, resultados de eleições e outros documentos institucionais.

A biblioteca está situada na Casa da Democracia, no prédio anexo ao TRE-MT. O espaço é aberto ao público e atende, principalmente, magistrados, servidores efetivos, terceirizados, requisitados, advogados, estagiários e promotores. Horário de funcionamento: segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h30.

(Com assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorBarragem em Barão de Cocais pode se romper a partir de domingo
Próximo artigoMarília Mendonça volta a Cuiabá em junho para show na Musiva

O LIVRE ADS