“Ciência disse que vale a pena seguir estudando o efeito da ivermectina”, diz epidemiologista

De acordo com o médico, o tratamento com ivermectina mostrou resultados otimistas e deve ser estudado

(Foto: Agência Senado)

Nesta quinta-feira (24), o epidemiologista Pedro Hallal afirmou, em depoimento à CPI da Covid, que é necessário estudar a ivermectina. De acordo com o médico, os efeitos da droga podem ajudar no combate ao vírus chinês.

Em sua fala, o médico afirmou que entende que vale a pena seguir estudando o efeito da ivermectina em pessoas com covid-19. Entretanto, sobre a hidroxicloroquina o médico afirmou que não possui eficácia alguma.

“A consistência da ciência mostra que lockdown e medidas de restrição da circulação funcionam; assim como a consistência da ciência mostra que a hidroxicloroquina não serve para nada para a covid; assim como, nesta semana, a ciência disse que vale a pena seguir estudando o efeito da ivermectina. A ciência não tem problema nenhum de reconhecer isso”, afirmou o médico.

Estudos sobre o medicamento

A fala do médico vai ao encontro aos estudos da Universidade de Oxford está testando medicamento antiparasitário ivermectina como um possível tratamento para a infecção contra o coronavírus.

Até o momento, os estudos preliminares se mostraram otimistas sobre os efeitos do tratamento precoce.

Veja também:

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorAlexandre Moraes manda prender novamente o deputado Daniel Silveira
Próximo artigoO transtorno de adaptação no trabalho em tempo de pandemia