Ciência comprova: fazer faxina pode (realmente) dar dor de cabeça

A abolição da faxina! Será?

(Foto: Reprodução)

A dor de cabeça geralmente é utilizada como desculpa para não fazer muita coisa. Agora, porém, declarar que está com cefaleia pode ser um indicativo que você não é tão preguiçoso como se imagina. Ao menos é o que garante um estudo do Sistema Nacional de Saúde do Reino Unido (NHS).

Segundo os pesquisadores, produtos usados no momento da faxina podem mesmo desencadear reações desagradáveis no organismo, entre elas a infame dor de cabeça.

“Os produtos de limpeza doméstica, bem como perfumes e purificadores de ar aromatizados, contêm produtos químicos que podem levar à dor de cabeça”, explicam.

Nesse caso, o ideal é evitar qualquer item com essa finalidade que tenha cheiros fortes ou se valer de alguns truques para evitar o problema.

“Se o perfume de um colega está incomodando, coloque um ventilador em sua mesa”, aconselham os especialistas.

Recentemente, o Departamento de Ciências Clínicas da Universidade de Bergen, na Noruega, publicou um artigo em que aponta que a utilização de determinados produtos de limpeza gera efeitos prejudiciais também nos pulmões.

Agora, encontrar a resposta definitiva, se vale ou não a pena faxinar sua casa, cabe inteiramente a você.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCarro locado pela Assembleia Legislativa é roubado e abandonado
Próximo artigoMinistério da Agricultura interdita cervejaria em Minas Gerais