Cidadãos podem fazer vistoria do veículo sem sair de casa

O serviço pode ser solicitado nas empresas credenciadas pelo Detran-MT

Vistoria veicular - Foto por: Secom-MT

Neste momento de pandemia do novo coronavírus, o cidadão que precisa realizar o serviço de vistoria veicular, e quer evitar deslocamento, pode solicitar o atendimento domiciliar para a realização do serviço junto às empresas de vistoria credenciadas pelo Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT). CONFIRA AQUI AS EMPRESAS CREDENCIADAS

Como regra, o serviço é realizado de forma exclusiva no Detran-MT ou nos locais das empresas credenciadas. Entretanto, em razão do risco de contágio da covid-19, a vistoria veicular está sendo ofertada em domicílio por essas empresas credenciadas, evitando deslocamento, aglomeração de pessoas e dando continuidade à prestação do serviço à população.

As vistorias feitas por essas empresas podem ser utilizadas para o processo de transferência de propriedade do veículo, processo de mudança da Placa de Identificação Veicular (PIV), nos processos de alteração de características do veículo, substituição de motor, regravação de chassi, entre outros que exija a apresentação de vistoria veicular.

A realização de vistorias por empresas credenciadas junto ao Detran-MT é uma forma de aumentar os locais de prestação do serviço no Estado e a pluralidade de escolha do cidadão.

“Com as empresas credenciadas a população tem a opção de procurar uma unidade do Detran que já presta o serviço ou alguma dessas empresas”, explicou o diretor de Veículos do Detran-MT, Augusto Cordeiro.

Vistoria veicular

O serviço de vistoria tem como objetivo verificar a autenticidade da identificação do veículo e de sua documentação, legitimidade da propriedade, se o veículo dispõe de equipamentos obrigatórios e se estes estão funcionando; alterações das características originais do veículo e de seus agregados. E, caso constatada alguma alteração, se esta foi autorizada, regularizada e se consta no prontuário do veículo na repartição de trânsito.

(Da Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMinistério da Saúde negocia aquisição de 30 milhões de doses das vacinas Sputinik V e Covaxin
Próximo artigo70% dos municípios de MT já aplicaram primeira dose de vacina