Chuva para conter queimadas só chegará em novembro

Previsão é que uma forte onda de calor passe pelo país antes disso, potencializando novamente a chance do fogo se alastrar

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O nome dados pelos meteorologistas é “inverno amazônico”. Trata-se do período em que – embora seja primavera em todo o país – Norte e Centro Oeste brasileiros voltam a ter chuvas regulares, após um período de seca. Só que, neste ano, ele vai demorar mais chegar.

A previsão é que chuva em quantidade necessária para combater as queimadas e incêndios florestais que se alastraram por biomas como o Pantanal ocorram somente em novembro.

E de acordo com dados do site ClimaTempo, antes que isso ocorra, uma perigosa onda de calor é esperada para o final de setembro e começo de outubro em todo o país.

LEIA TAMBÉM

Mais que isso. A previsão dos cientistas é que outras “tempestades de fogo” se tornem comuns no país, nos próximos anos.

Dados da Nasa e do Sistema Copernicus, da União Europeia, revelam que os incêndios na Austrália, no Ártico Siberiano, na costa oeste dos Estados Unidos e no Pantanal brasileiro foram os maiores de todos os tempos. Afirmações feitas com base nos 18 anos de dados sobre incêndios florestais globais compilados.

Os incêndios nas savanas africanas, eventos comuns daquele bioma, se intensificaram em 2020 e, na Indonésia, as queimadas foram devastadoras, mesmo com ações do governo para reduzir as taxas em relação a anos anteriores.

A constatação, segundo o ClimaTempo, é que as chuvas vão aliviar a crise apenas de maneira momentânea.

Se durante o inverno amazônico, novos desmatamento em grande escala forem praticados, em 2021, uma nova temporada mortal de queimadas marcará o verão na região e ela será potencializada por um mundo cada vez mais quente e propício a queimadas.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorFriboi traz dicas de receitas para o Dia do Churrasqueiro
Próximo artigoRoberto França: conheça os candidatos a prefeito de Cuiabá