Chuva, Jojo Todynho e Sean Kingston marcam último dia de Rock Arena

(Foto: Suellen Pessetto/ O LIVRE)

O último dia do festival Rock Arena foi marcado pelo público reduzido. Com portões abertos às 18h30, a organização usou as redes sociais para comunicar o público sobre a mudança de horário.

A paulista Miriam Ferreira Nascimento, 38 anos, foi uma das que consultou as postagens do festival para se precaver. “Olhamos as redes sociais do festival antes de vir para evitar esperar por horas na fila como no primeiro dia”.

Valdo Feltz, 20 anos, lamentou não ter ido no primeiro dia. “Estava em Rondônia e não pude vir no sábado. Mas para hoje eu fiz uma produção digna de rock que é para compensar o dia perdido, e vou cantar todas as músicas da diva Iza”, disse o fã empolgado.

(Foto: Suellen Pessetto/ O LIVRE)

Dando início aos shows, o cantor mato-grossense Billy Espíndola se apresentou com sua guitarra de cocho – instrumento criado por ele e que faz a junção inusitada do ritmo de siriri e cururu com o rock.

Em seguida foi a vez da banda brasiliense Harmonia do Sampler, com seu pop brega e releitura de músicas brasileiras que fizeram sucesso na década de 90 e 2000.

Mesmo com público reduzido, os organizadores mantiveram o cronograma e os shows não tiveram suas apresentações reduzidas.

Às 21 horas a irreverente funkeira Jojo Todynho chegou com seu hino “Que tiro foi esse” e animou as 300 pessoas que foram ver a cantora de perto na Arena Pantanal.

Emir Ruivo, ex-vocalista da banda “Aurélio & seus cometas”, e idealizador do festival Rock Arena falou do saldo da festa e sobre o desanimo da população cuiabana em relação ao evento.

[featured_paragraph] “O saldo artístico é incrível. O que trouxemos para Cuiabá foi histórico. Três artistas internacionais de peso. Evidente que a questão do embargo atrapalhou bastante e causou todo aquele transtorno de sábado. Mas não sabíamos os meandros do mercado mato-grossense. Talvez a gente tenha errado no estudo de comportamento cultural quando escolhemos Cuiabá para receber o festival. O que não nos desanima em fazer um segundo Rock Arena. O primeiro valeu de experiência para saber como fazer na próxima edição”, comentou o produtor.[/featured_paragraph]

Quem também se apresentou foi o rapper romântico Rael e a cantora pop Iza dona do hit “Pesadão”. Finalizando o festival, o cantor internacional Sean Kingston trouxe suas canções que ficaram famosas há cerca de uma década, entra elas a canção “Beautiful Girls”. A chuva tão aguardada pelos cuiabanos caiu logo no início da apresentação do rapper, aliviando o calor e a fumaça, mas afugentando o público que correu para se abrigar.

Confira fotos do evento.

 

 

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorSoja tem cenário promissor e área plantada deve crescer
Próximo artigoArquiteta teria fugido por acreditar que acidente se tratava de assalto, dizem testemunhas