China anuncia testes em humanos para duas vacinas contra o coronavírus

A corrida mundial pela vacina acaba de ganhar um líder

A ciência e a biomedicina correm contra o relógio desde janeiro. O novo coronavírus se provou um vírus bastante resistente e ainda não há clareza sobre quais medicamentos funcionam de maneira eficaz para tratar a Covid-19.

Cientistas do mundo todo trabalham neste momento pela sintetização da primeira vacina.

Felizmente, parece que a China está bem perto de produzir a vacina. Nesta terça-feira (14), o país anunciou que foram aprovados testes de duas vacinas experimentais em duas pessoas para combater o novo coronavírus.

Ambas as vacinas usam patógenos inativos, explicou Wu Yuanbin, funcionário do Ministério da Ciência e Tecnologia chinês, em entrevista coletiva.

“A vacinação de pessoas durante a fase 1 dos testes clínicos, bem como o recrutamento de voluntários para a fase 2 dos testes, começaram em 9 de abril”, afirmou Wu sobre a terceira vacina.

“Trata-se da primeira vacina no mundo contra o coronavírus a ter iniciado os estudos clínicos da fase 2.”

A empresa farmacêutica americana Moderna havia anunciado simultaneamente, em meados de março, que realizaria testes clínicos de uma vacina.

Outros projetos desenvolvidos por equipes chinesas, usando vírus da gripe atenuados seguem avaliados ou testados em animais, segundo Wu.

Atualmente, o coronavírus já ceifou mais de 130 mil vidas e infectou mais de 2 milhões de pessoas. O prazo para a vacina ficar 100% pronta é de pelo menos um ano.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorEscola de música produz videoaulas que chegam até alunos da zona rural
Próximo artigoMPC investiga falta de equipamentos