China anuncia pouso de espaçonave na lua para recolher material

Sonda vai ajudar cientistas a saber mais sobre origem da Lua

(Foto: Freepik)

A China aterrissou com sucesso uma espaçonave na superfície lunar, nessa terça-feira (1º), em uma missão histórica para recolher amostras, informou a mídia estatal chinesa.A sonda Chang’e-5 foi lançada em 24 de novembro. A missão não tripulada, em homenagem à mítica deusa chinesa da Lua, visa a coletar material para ajudar os cientistas a saber mais sobre as origens da Lua.

A missão tentará coletar 2 quilos de amostras em uma área anteriormente não visitada, em uma planície de lava conhecida como Oceanus Procellarum, ou Oceano de Tempestade.

Se a missão for concluída conforme o planejado, a China será a terceira nação a ter extraído amostras lunares, depois dos Estados Unidos e da União Soviética.

O veículo que pousou na superfície da Lua foi uma das várias espaçonaves implantadas pela sonda Chang’e-5.

Ao aterrissar, o veículo perfura o solo com um braço robótico e, em seguida, transfere as amostras de solo e rocha para um veículo ascensor que decolará e atracará em um módulo orbital.

A emissora estatal CCTV disse que a coleta de amostras na superfície lunar começará nos próximos dois dias. As amostras serão transferidas para uma cápsula de retorno à Terra, pousando na região da Mongólia Interior.

A China fez seu primeiro pouso lunar em 2013. Em janeiro do ano passado, a sonda Chang’e-4 pousou no outro lado da Lua, a primeira sonda espacial de qualquer país a fazer isso.

*Reportagem adicional de Twinnie Siu e Tom Daly

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrefeitura de Cuiabá altera horário do comércio, shoppings e academias
Próximo artigoCovid-19: 76% dos municípios receberam recursos para ações em saúde