Chegada do inverno pode agravar pandemia em MT, alerta Fiocruz

Estação mais fria do ano vem acompanhada do aumento dos casos de doenças respiratórias que podem agravar a pandemia

(Foto: Ednilson Aguiar/O Livre )

A chegada do inverno, nesta segunda-feira (21), pode agravar a pandemia de covid-19 no Brasil. O alerta é da Fundação Oswaldo Cruz, a Fiocruz, e inclui Mato Grosso. No Estado, a estação marca o período mais seco do ano e, estatisticamente, registra aumento nos casos de doenças respiratórias.

Adicionando as queimadas e a alta na ocupação de UTIs na equação, a preocupação dobra de tamanho.

Segundo a Fiocruz, entre os dias 7 e 14 de junho, as taxas de ocupação de leitos de UTI covid-19 para adultos no SUS em Mato Grosso, subiram de 87% para 93%.

O Estado também está na lista dos com a maior incidência e mortalidade por covid-19 entre 30 de maio e 12 de junho. Estão na mesma situação Roraima, Tocantins, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Sergipe, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

“Os Estados com aumento de incidência podem, portanto, apresentar alta da mortalidade e demanda por cuidados intensivos de doentes graves nas próximas semanas”, alerta a instituição.

O que fazer?

Tendo em vista a lentidão da vacinação no Brasil, a Fiocruz recomenda a manutenção de medidas não-farmacológica para conter o avanço e evitar uma temida terceira onda.

Entre as indicações estão o uso de máscaras, distanciamento físico e social e higienização constante das mãos, “além de medidas de maior restrição da circulação de pessoas como bloqueio ou lockdown sempre que necessário”.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCovid: diário da vacina #22
Próximo artigoAtriz de The Handmaid’s Tale revela que fã “correu de medo” ao reconhecê-la no aeroporto