Chapada dos Guimarães decide fechar comércio a partir de segunda-feira

Outras atividades não essenciais também estarão impedidas. Medida foi tomada diante do crescente número de casos de covid no Estado

(Foto: Ednilson Aguiar/ O Livre)

O comércio de Chapada dos Guimarães (65 km de Cuiabá) não poderá abrir as portas a partir de segunda-feira (15). A decisão foi tomada pelo Comitê de Enfrentamento à covid-19, instalado no município.

Além do comércio, qualquer outra atividade considerada não essencial está proibida na cidade. A medida vai se estender por, pelo menos, 15 dias. Após este prazo o grupo volta a se reunir para decidir se a prorroga ou não.

Promotor de Justiça e representante do Ministério Público Estadual no referido comitê, Leandro Volochko afirma que o número crescente de casos de contaminação pelo novo coronavírus foi o que motivou a decisão.

Além disso, ele citou o fato de o Laboratório Central de Mato Grosso (Lacen-MT) estar enfrentando dificuldades para processar todos testes para covid-19.

LEIA TAMBÉM

O tempo de espera para a entrega de resultados a Chapada dos Guimarães, por exemplo, saltou de 72 horas para 10 a 15 dias.

“Isso significa que ficaríamos no escuro sem saber quais casos estariam confirmados no período muito grande e, portanto, o comitê acabou tomando essa decisão”, observou.

Neste sábado (13) o Comitê volta a se reunir virtualmente para deliberar sobre quais serviços essenciais poderão funcionar.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorCovid-19: deputados encontram ala desativada e leitos de UTI sem condições de uso
Próximo artigoO que o futuro pede aos empresários