Certificação ISO, destaca qualidade de gestão do cartório do pantanal

O cartório do 1º Ofício de Poconé/MT se destaca após receber a “Certificação Internacional do ISSO 9001”, que reconhece a excelência dos serviços prestados e a qualidade de gestão. Recentemente o cartório do pantanal recebeu, inclusive, a Certificação Nacional do Selo de gestão – “Cartório Top”, sendo o 2º do Estado de Mato Grosso a obter este selo.

Sob nova administração desde a intervenção judicial ocorrida há menos de dois anos, o cartório do município de Poconé passou por inúmeras implantações tecnológicas para expedição dos serviços com biometria, imagem facial, lavratura de atos digitais, controle de qualidade e envio das informações para as centrais e órgão oficiais, além da contínua regularização. Em dezembro do ano de 2020 , foi o 1º cartório de Mato Grosso sob intervenção judicial a receber um prêmio nacional pela prática de qualidade total – “PQTA Selo Prata”.

O cartório do 1º Ofício de Poconé/MT  vem sendo administrada por ordem do Poder Judiciário de MT, pela interina Katiuscia Sumaya C. Miranda, que prossegue com as constantes inovações, na prática dos atos, controle de qualidade e segurança jurídica.

“O Poder Judiciário é extremamente atuante e o Cartório do 1º Ofício de Poconé é prova disso, as certificações nacionais recebidas nos anos de 2020 e 2021 são frutos deste trabalho, demonstrando ao usuário a seriedade e compromisso com o serviço público prestado”, ressaltou Katiuscia.

Os conselhos de classes e órgãos representativos como o Conselho Regional de Corretores de Imóveis de Mato Grosso (CRECI/MT), Conselho Regional dos Despachantes Documentalistas ( CRDD/MT) e Associação Brasileira de Direito Educacional (ABRADE) parabenizam o avanço que o Cartório do 1° ofício conseguiu em tão pouco tempo.

Segundo o diretor de fiscalização do CRECI, Cláudio Neis, o Conselho recebia inúmeras denúncias  e reclamações de corretores de imóveis em desfavor do cartório de Poconé até o ano de 2019. “Após a intervenção isso acabou! O cartório é essencial para o cidadão, e a nova gestão  colocou o trabalho nos moldes necessários,” comentou o diretor.

Intervenção Judicial

Decretada há menos de dois anos a intervenção judicial do Cartório do 1º Ofício de Poconé/MT pela Juíza Katia Oliveira, após inúmeras denúncias de fraudes, cobranças fora da tabela judicial e sonegação de tributos ao judiciário que resultou na perda da delegação, a serventia vem sendo administrada por ordem do Poder Judiciário de MT por Katiuscia Sumaya C. Miranda, designada como interventora judicial pelo Desembargador Luiz Ferreira e Juíza Corregedora Edleuza Zorgetti (CGJ 2019-2020) para auxiliar o judiciário na execução dos trabalhos da intervenção. Com o encargo de preparação da serventia para o próximo concurso, Katiuscia foi nomeada interinamente em 2021 pelo Juiz Corregedor Dr. Eduardo Calmon e pelo Desembargador José Zuquim.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorProdução de grãos supera 250 milhões de toneladas nesta safra
Próximo artigoGravidez na adolescência: índice de MT cai quase 40%