Cemitério Pedro Taques

Governador e Emanuel trocaram farpas durante evento na manhã desta terça-feira

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

A manhã fria e chuvosa desta terça-feira (05) parece ter dado o clima para o azedamento da relação entre o governador Pedro Taques (PSDB) e o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). Durante um evento de plantio de mudas na Rodovia Emanuel Pinheiro, que liga Cuiabá a Chapada dos Guimarães, Taques propôs mudar o nome da via, que homenageia o pai do prefeito.

“Eu gostaria de, como governador, ao inaugurar este trecho da Rodovia Emanuel Pinheiro, homenagear um outro mato-grossense, como foi seu pai, que está marcado nesta rodovia. Daqui do Atacadão até a Fundação Bradesco, quero colocar o nome de Rodovia Emanuel Pinheiro e Avenida Ramis Bucair. Porque ele sempre passava por aqui para ir à sua fazenda, que ficava a caminho da cidade de Chapada dos Guimarães”, disse Taques.

Também durante seu discurso, o governador cutucou Emanuel, de maneira discreta, com relação ao vídeo divulgado na delação do ex-governador Silval Barbosa. “Bom dia a todos nesse frio polar de Cuiabá. Todos saíram de casa de paletó, como diriam os cuiabanos”, disse o governador, olhando para as demais autoridades, entre elas o prefeito.

As falas de Taques surtiram efeito no gestor municipal. “Não tem a menor possibilidade de mudar o nome. Se ele fizer isso aqui, eu vou inaugurar o cemitério governador Pedro Taques”, disse Emanuel a jornalistas, ao final do evento. A prefeitura prepara a inauguração de um crematório na região do Centro Político Administrativo (CPA).