Celso de Mello decide antecipar aposentadoria do STF

O decano iria se aposentar de modo compulsório em 1° de novembro, quando completa 75 anos de idade

(Foto: Carlos Moura/SCO/STF)

O ministro Celso de Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), comunicou nesta sexta-feira (25) à presidência da Corte que irá antecipar sua aposentadoria para 13 de outubro. O decano iria se aposentar de modo compulsório no dia 1° de novembro, quando completará 75 anos.

O magistrado ainda afirmou que, antes de deixar o cargo, pretende participar do julgamento que decidirá se o presidente Jair Bolsonaro prestará depoimento presencial, ou por escrito, no inquérito que investiga suposta interferência na Polícia Federal.

O ministro foi nomeado ao STF em 1989 pelo então presidente José Sarney (MDB) e é o magistrado com mais tempo em atividade no Supremo Tribunal Federal.

Com a saída do ministro Celso de Mello, o presidente Jair Bolsonaro deve indicar um novo nome para a turma de 11 ministros que formam o Supremo Tribunal Federal.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorMendes veta propaganda
Próximo artigoJayme Campos assume coordenação geral da campanha de Nilson Leitão