Cassação de Bezerra

Deputado pode ter o mandato cassado por ter sido "promovido" por prefeito

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) colocou em pauta nesta segunda-feira (2) o processo que pode cassar o mandato de deputado federal de Carlos Bezerra (MDB).

Além de Bezerra, também responde nesse processo o prefeito de Nova Xavantina, João Batista Vaz (PSD).

Segundo a ação, ao realizar uma entrega de títulos de propriedade no município, no dia 2 de setembro de 2018, João Batista teria promovido a candidatura de Bezerra. Segundo a denúncia do MP, o prefeito teria pedido, de forma explícita, votos para o deputado.

O prefeito teria alegado que os títulos de propriedade apenas saíram graças ao trabalho de Bezerra, que já era deputado. “Vamos ajudar quem nos ajuda”, teria falado.

O Ministério Público pediu, então, a cassação do mandato de Bezerra e aplicação de multa tanto para o deputado, quanto para o prefeito.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorLadrões invadem casa, rendem casal e abusam de mulher de 50 anos
Próximo artigoDNAs de 1.500 bandidos de Mato Grosso são cadastrados em banco nacional

O LIVRE ADS