Cassação de Bezerra

Deputado pode ter o mandato cassado por ter sido "promovido" por prefeito

(Foto:Ednilson Aguiar/ O Livre)

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) colocou em pauta nesta segunda-feira (2) o processo que pode cassar o mandato de deputado federal de Carlos Bezerra (MDB).

Além de Bezerra, também responde nesse processo o prefeito de Nova Xavantina, João Batista Vaz (PSD).

Segundo a ação, ao realizar uma entrega de títulos de propriedade no município, no dia 2 de setembro de 2018, João Batista teria promovido a candidatura de Bezerra. Segundo a denúncia do MP, o prefeito teria pedido, de forma explícita, votos para o deputado.

O prefeito teria alegado que os títulos de propriedade apenas saíram graças ao trabalho de Bezerra, que já era deputado. “Vamos ajudar quem nos ajuda”, teria falado.

O Ministério Público pediu, então, a cassação do mandato de Bezerra e aplicação de multa tanto para o deputado, quanto para o prefeito.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

O LIVRE ADS