Caso Isabele: Namorado de atiradora vai prestar serviço comunitário por 6 meses

Adolescente respondeu por infração análoga a porte ilegal de arma de fogo e foi punido pela Justiça

(Foto: Freepik)

O namorado da menor responsável pela morte da adolescente Isabele Guimarães Ramos foi condenado a prestar serviços comunitários pelo período de seis meses, por ter transportado a arma que pertencia ao seu pai, o médico veterinário Glauco Fernando Mesquita Correa da Costa, até o local do crime que aconteceu no dia 12 de julho de 2020, numa casa de luxo no condomínio Alphaville, em Cuiabá.

O adolescente ainda deverá cumprir um ano de liberdade assistida por conta da infração análoga a porte ilegal de arma de fogo.

A decisão foi dada pela juíza da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá, Cristiane Padim da Silva, nesta quinta-feira (4), e atendeu pedido do Ministério Público Estadual (MPE).

Ainda não foi definida em qual instituição o menor prestará os serviços comunitários. De acordo com a sentença, os serviços comunitários deverão ser prestados uma vez por semana, pelo período de quatro horas.

A adolescente que atirou em Isabele já foi condenada a cumprir três anos de internação em unidade sócio educativa por infração análoga a homicídio doloso, quando se tem a intenção de matar. Atualmente, está apreendida no Lar Menina Moça, localizado ao lado do Complexo do Pomeri, em Cuiabá.

A defesa ingressou com sucessivos habeas corpus na tentativa de derrubar a execução provisória da sentença, porém, não obteve êxito até o momento.

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorVLT: Emanuel defende que mudança seja decida via plesbicito
Próximo artigoOperação combate organização que comandava o tráfico de drogas em MT