Caseiro é preso após confessar que vendia gado do patrão

Proprietário sentiu falta de oito cabeças de boi, PM conseguiu localizar oito que estavam sendo vendidas pelo funcionário

(Foto: PMMT)

Dois homens foram presos na noite desta sexta-feira (21) depois de furtar bois em uma fazenda em Conquista D’Oeste (a 571 km de Cuiabá). O dono da fazenda viu um caminhão de transporte de bovinos passando pela sua propriedade e acionou a Polícia Militar. Ele alegou ter sentido falta de pelo menos 36 cabeças de bois.

Policiais montaram uma barreira na BR-174 com apoio da PM de Nova Lacerda e pararam o motorista do caminhão que transportava oito cabeças de boi. Os animais estavam marcados com iniciais do proprietário da fazenda que fez a denúncia.

Segundo o motorista, os animais seriam entregues a um homem que o havia contratado e que morava em Nova Lacerda. O contratante era na verdade caseiro da fazenda onde estava furtando o gado.

A PM foi até o suspeito de coordenar o roubo, e ele confessou que estava vendendo o gado do patrão, e chegou a indicar um dos compradores. Pelo menos três vendas já teriam sido realizadas pelo criminoso.

Os policiais localizaram o comprador, que afirmou não saber da procedência dos animais. Os argumentos não convenceram os PMs, que também o prenderam.

O motorista do caminhão, por sua vez, demonstrou que não sabia da ação criminosa e ficou apenas como testemunha. Já o caseiro, além de ser preso ainda teve apreendida uma espingarda calibre 22 com 11 munições.

(Com Assessoria)

Use este espaço apenas para a comunicação de erros





Aceito que meu nome seja creditado em possíveis erratas.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Artigo anteriorPrefeitura libera eventos a partir de segunda (24) em Cuiabá; saiba quais são as regras
Próximo artigo“Liberdade econômica é a solução para Cuiabá”, defende pré-candidato do Novo